loading

Pedro Proença acredita em estádios sem limite de público em outubro

Últimas Notícias

Notícias Mais vistas

Sondagem

Após os primeiros jogos das competições nacionais e internacionais, quem está em melhor forma?

O presidente da Liga Portuguesa de Futebol Profissional (LPFP) disse hoje acreditar que os estádios possam estar sem limitação de lotação a partir de 01 de outubro, depois do anúncio de uma nova fase de desconfinamento pelo Governo.
Pedro Proença acredita em estádios sem limite de público em outubro

"Depois das recentes afirmações do primeiro-ministro, tenho a clara convicção de que poderemos ter os estádios completamente cheios a partir do dia 01 de outubro", referiu Proença, à margem sexta pós-graduação em organização e gestão do futebol profissional e da terceira pós-graduação em comunicação, organizadas pela LPFP.

Na sexta-feira, a Federação Portuguesa de Futebol (FPF) solicitou à Direção-Geral da Saúde (DGS) o levantamento das limitações em relação à lotação dos recintos desportivos, com efeitos já em outubro.

“Face à evolução do combate à pandemia em que se está próximo de atingir os 85% de população vacinada e com o levantamento de medidas de confinamento, a FPF pede à DGS o aumento da lotação de público, mantendo a exigência de apresentação do certificado digital”, referiu o organismo.

A taxa de ocupação do público nos recintos desportivos é atualmente de 50% da lotação, depois de já ter sido ampliada em relação aos 33%, no âmbito das restrições da pandemia de covid-19.

Os grandes eventos desportivos vão manter a necessidade de apresentação de certificado digital de vacinação contra a covid-19, de acordo com o plano de desconfinamento apresentado na quinta-feira pelo primeiro-ministro.

Nas medidas apresentadas por António Costa, a presença em grandes eventos desportivos é uma das situações em que se mantém a necessidade de ter um certificado digital.

“Caberá à Direção-Geral de Saúde definir o que entende por grandes eventos culturais, desportivos ou corporativos”, disse o primeiro-ministro.

Em relação à lotação dos espaços, António Costa não revelou se os recintos desportivos se mantêm com os atuais 50% de lotação.

Siga-nos no Facebook, no Twitter, no Instagram e no Youtube.

Relacionadas

Pode gostar de ler

Na Primeira Página