loading

Paulo Sérgio: «O Benfica não perde todos os fins de semana»

Últimas Notícias

Notícias Mais vistas

Sondagem

Quem merece vencer a Bola de Ouro?

Declarações de Paulo Sérgio após o jogo Benfica–Portimonense (0-1), da oitava jornada da I Liga portuguesa de futebol, disputado hoje em Lisboa.

Paulo Sérgio: «O Benfica não perde todos os fins de semana»

A festa que existe no balneário é própria de uma estrutura que festeja um êxito no terreno do adversário. O extra é ser o Benfica, que é uma grande equipa, com um grande treinador. O Benfica não perde todos os fins de semana. Mas esta vitória só conta três pontos.

O Benfica fez um grande jogo. Foi muito difícil conquistar estes três pontos. O Benfica teve muita qualidade de jogo até entrar nos últimos metros. Até aí houve uma grande noite de Samuel Portugal. Não se pontua e muito menos se ganha no Estádio da Luz sem essa ponta de sorte. Mas a sorte dá muito trabalho. O Samuel Portugal trabalha muito para fazer aquilo que fez. A equipa trabalha muito para fazer o que fez.

Nos últimos 15 minutos adotámos uma estratégia mais baixa, já tínhamos corrido muito. Fomo-nos ajustando aos vários momentos do jogo. É uma vitória do esforço. Os atletas merecem esta vitória no Estádio da Luz. Se me perguntarem se o Benfica mereceu perder, diria que não. Mas a vitória assenta muito bem aos meus jogadores.

O Pedro Sá fez um jogo taticamente impressionante. Quando Rafa abriu ele compensou muito bem a equipa. A ideia era manter o Benfica o mais longe possível da nossa baliza. É evidente, pela qualidade do Benfica, isso nem sempre aconteceu e aí entrou o espírito de união da equipa.

A vitória só conta três pontos. Não se vence aqui todos os dias. Não sei quantas vezes vim cá como treinador e é a segunda vez que venço. Amanhã, isto já passou. São três pontos. Pezinhos no chão.

Percebi o que Jorge Jesus queria dizer [o Portimonense defender melhor que o Barcelona]. O que ele queria dizer é que eu ia criar-lhe problemas defensivos que o Barcelona não colocou. Acho que o disse e disse bem.

Samuel Portugal é um jovem que tem muito potencial. Ele é fortíssimo entre os postes. De uma forma natural os jogos vão-lhe dar o que lhe falta, nomeadamente, o jogo com os pés. Que é uma coisa que faz muito bem. Ele no jogo ainda não tem confiança para o fazer. Por isso é que muitas vezes não arriscou saídas tão pomposas, para não correr riscos. Na baliza ele é um monstro. É um miúdo que tem tudo para dar o salto.

Temos de ter o pé no chão. O campeonato vai ser muito duro. Há muitas equipas com poucos pontos e que têm muita qualidade. Agora vamos pensar no jogo com a Oliveirense, para a Taça de Portugal”.

Siga-nos no Facebook, no Twitter, no Instagram e no Youtube.

Relacionadas

Pode gostar de ler

Na Primeira Página