loading

Pinto da Costa diz que negócios com o Tombense foram «feitos legalmente»

Últimas Notícias

Notícias Mais vistas

Sondagem

Após os primeiros jogos das competições nacionais e internacionais, quem está em melhor forma?

O presidente do FC Porto, Pinto da Costa, comentou hoje as alegadas suspeitas de irregularidades na transação de jogadores com o clube brasileiro Tombense, afirmando que todas as «transferências foram feitas legalmente».
Pinto da Costa diz que negócios com o Tombense foram «feitos legalmente»

Pinto da Costa afirmou ainda que o FC Porto vai enviar os contratos ao Ministério Público para, “se for verdade [a investigação], não perder tempo e confirmar a veracidade do documento e que todas as transferências foram feitas legalmente”.

“O Evanilson foi comprado ao Tombense, embora estivesse a jogar por empréstimo no Fluminense. O FC Porto não teve nada a ver com o Fluminense. Quando jogava nesse clube, jogava por empréstimo do Tombense”, frisou Pinto da Costa, à margem da apresentação dos resultados consolidados da SAD na época 2020/21, no Estádio do Dragão.

Pinto da Costa afirmou que o FC Porto negociou com o Tombense, “num contrato claríssimo”, que fez questão de exibir, e frisou que “o jogador [Evanilson] já tinha rescindido o empréstimo [com o Fluminense] para vir para o FC Porto”.

“Os outros jogadores que vieram foram o João Marcelo, Caíque e Wesley. Vieram a custo zero, por empréstimo. Infelizmente, dois não vão continuar e, portanto, vão apenas custar a estadia aqui e o ordenado. Não envolveu qualquer verba ou comissão”, assegurou.

O avançado brasileiro Evanilson, de 22 anos, chegou ao FC Porto na época passada, numa transferência por cerca de 10 milhões de euros e participou num total de 29 jogos, tendo marcado quatro golos.

Siga-nos no Facebook, no Twitter, no Instagram e no Youtube.

Relacionadas

Pode gostar de ler

Na Primeira Página