loading

José Paisana: «Hoje fez-se justiça, a equipa foi realmente aquilo que é, na sua essência»

Últimas Notícias

Notícias Mais vistas

Sondagem

Quem merece vencer a Bola de Ouro?

Declarações após a vitória da seleção portuguesa de futebol feminino de sub-19 sobre a Eslováquia (4-2), em jogo da primeira ronda da fase de qualificação para o Europeu de 2022, disputado hoje no Estádio Algarve.

José Paisana: «Hoje fez-se justiça, a equipa foi realmente aquilo que é, na sua essência»

[O fator decisivo] foi o controlo da ansiedade e a capacidade de trazer sempre a equipa para cima após o insucesso, depois daquele primeiro jogo muito bem conseguido e com um resultado manifestamente injusto [derrota com a República Checa por 1-2].

Hoje fez-se justiça, a equipa foi realmente aquilo que é, na sua essência. A capacidade para ter bola e provocar o adversário, materializando em golos tudo aquilo que conseguiu fazer. Estamos muito satisfeitos e parabéns às jogadoras.

Foi um grande trabalho que elas fizeram desde maio até aqui. Crescemos e queríamos ser competitivos. Não fujo disto porque é muito importante registar que as nossas jogadoras, por vezes, têm pouca competitividade interna e quando chegam a este espaço é difícil para elas. Foram sempre crescendo e hoje deram uma resposta fantástica, de competência, de qualidade, de querer ganhar, de humildade.

Ao longo do torneio particular que fizemos e agora nesta primeira ronda, elas foram sentindo que havia qualquer coisa que não deixava a bola entrar, que não conseguiam materializar em golos o jogo que conseguiam fazer. Esta euforia após o jogo é um bocadinho o concretizar de tudo isso, de materializarem em golos a qualidade de jogo alta.

Antes do jogo, dissemos-lhes isso: ‘Miúdas, é importante vocês fazerem um golo, porque quando fizerem um golo vão-se soltar e vamos por aí acima.’ E parece que se concretizou, elas fizeram um golo cedo e a exibição veio atrás.

Estamos na segunda ronda e agora é continuar a perceber que há muitas coisas para alterar e melhorar, para que o crescimento seja efetivo. Aumentam as dificuldades, com as equipas dos potes um e dois, e temos de nos preparar com inteligência e qualidade. Temos de ser capazes de perceber que o que vem aí é difícil, mas vamos responder positivamente. E, naturalmente, com todo o apoio que temos, vamos crescer e preparar convenientemente a segunda ronda.

Siga-nos no Facebook, no Twitter, no Instagram e no Youtube.

Relacionadas

Pode gostar de ler

Na Primeira Página