loading

Tatiana Pinto diz que Portugal «não pode subestimar» Israel

Últimas Notícias

Notícias Mais vistas

Sondagem

Quem merece vencer a Bola de Ouro?

A médio portuguesa Tatiana Pinto disse hoje que a seleção feminina «não pode subestimar» Israel, que defronta na quinta-feira, em Portimão, no primeiro encontro de uma jornada dupla de qualificação para o Mundial-2023.

Tatiana Pinto diz que Portugal «não pode subestimar» Israel

Nós nunca podemos subestimar o adversário, porque no contexto internacional qualquer equipa é forte e pode surpreender-nos. Não podemos, de forma alguma, subestimá-las. Temos de entrar para ganhar, com a mesma seriedade de todos os jogos”, garantiu a jogadora, de 27 anos.

A equipa portuguesa prepara em Lagos, no Algarve, o duplo compromisso de qualificação para o Mundial, jogando com Israel em Portimão, em 25 de novembro, e com a Alemanha em Faro, em 30 de novembro.

Apesar de, na deslocação a Israel, em setembro, Portugal ter vencido por 4-0, Tatiana Pinto disse que a seleção portuguesa está a treinar para corrigir os aspetos mais negativos dessa prestação.

Queremos corrigir as coisas em que, no outro jogo, com Israel, não estivemos tão bem. Mas a equipa está bem, estamos supermotivadas e focadas para conquistar estes três pontos superimportantes”, afirmou.

Quanto ao compromisso com a Alemanha, a médio portuguesa, que soma 66 internacionalizações, garante que “tudo é possível” perante uma seleção teoricamente mais forte.

Esta equipa e este grupo, esta família, já provou que consegue fazer coisas muito boas. Já jogámos contra grandes potências e conseguimos resultados muito positivos. Portanto, claro que também temos essa ambição. Mas, para já, Israel é o principal objetivo”, referiu, ressalvando que todas as jogadoras “sonham” com uma inédita qualificação para o Mundial.

Tatiana Pinto, que reforçou esta temporada o Levante, quinto classificado na liga feminina espanhola, considerou que a experiência está a correr bem.

Jogar em Espanha era um objetivo que eu tinha há algum tempo. As coisas estão a correr bem, o campeonato é competitivo e estou a adaptar-me superbem”, frisou.

No treino de segunda-feira, o selecionador Francisco Neto trabalhou com 22 jogadoras, registando-se apenas a ausência de Alícia Correia, que no domingo se lesionou num braço.

Portugal ocupa o segundo lugar do Grupo H da fase de qualificação europeia, com 10 pontos em quatro jogos, a dois da líder Alemanha, seguindo-se Turquia (quatro), Sérvia (três), Israel (zero) e Bulgária (zero), estas quatro com menos um jogo.

Siga-nos no Facebook, no Twitter, no Instagram e no Youtube.

Relacionadas

Pode gostar de ler

Na Primeira Página