loading

LC: Ruben Amorim assume importância do encaixe financeiro para segurar jogadores

Últimas Notícias

Notícias Mais vistas

Sondagem

Quem merece vencer a Bola de Ouro?

O treinador do Sporting assumiu hoje que o apuramento para os oitavos de final da Liga dos Campeões de futebol é importante pelo encaixe financeiro, uma vez que isso permitiria manter os principais jogadores no clube.

Ruben Amorim foi confrontado em conferência de imprensa, de antevisão do encontro com o Borussia Dortmund, com a possibilidade de se tornar no primeiro treinador dos 'leões' a vencer uma equipa alemã desde Marco Silva, em 2014, mas apressou-se a desvalorizar os objetivos pessoais.

Só penso em vencer pelos meus jogadores, pelo encaixe financeiro, porque passando à próxima fase podemos aguentar mais os jogadores e não temos de estar sempre com essa preocupação. Penso no futuro do clube, na alegria dos adeptos, mais do que ficar na história porque ganhámos a uma equipa alemã”, atirou o técnico dos ‘leões’.

Amorim frisou que o objetivo é “tornar o Sporting num clube que ganha aos espanhóis, aos italianos ou aos alemães” e assumiu que isso “passa muito por estes encaixes, que permitem segurar os jogadores e fazer crescer o clube e a Academia”.

Não é que a parte financeira me interesse. Quero manter os jogadores, sabendo que é muito importante ter receitas e sabemos do nosso momento. Queremos passar [aos oitavos de final] porque o Sporting merece, é um grande cube, mas temos um longo caminho a percorrer, que depende destas coisas”, esclareceu.

Para isso, o técnico assumiu que o Sporting tem de ser “muito melhor do que em Dortmund”, de onde saiu derrotado por 1-0, uma vez que “o empate dá uma grande vantagem” ao adversário de quarta-feira, mas assumiu que o Sporting está “num bom momento”.

Temos o plantel todo disponível, tirando o Jovane e o Ruben Vinagre, o que nos dá mais condições. Sabemos que podemos ter mais bola, mas também que o Borussia Dortmund nos vai empurrar para a nossa baliza. Portanto, olhando para o jogo de lá, temos de ser melhores ofensivamente, mantendo a nossa qualidade defensiva”, resumiu o treinador.

Em vários momentos de análise ao grupo C, Ruben Amorim reconheceu que o Sporting foi a equipa “que mais evoluiu” na ‘Champions’ nesta época, mas lembrando que “era a que tinha mais margem para isso”, recordou que o Borussia Dortmund “era apontado como favorito” e elegeu o Ajax como “a melhor”.

Ainda a propósito dos holandeses, que os ‘leões’ enfrentam na sexta jornada, em dezembro, após a goleada (5-1) sofrida em Alvalade no primeiro encontro da época, Ruben Amorim aproveitou para sugerir o nome do seu treinador ao Manchester United, quando confrontado com o possível interesse do clube inglês nos seus próprios serviços.

Foram mandados não sei quantos nomes, estamos a falar de rumores. Mas, se me permitem a opinião, penso que deviam legar o [Erik] ten Hag ainda esta semana. Era algo que me deixaria bastante contente”, gracejou.

Noutro momento de boa disposição, quando questionado sobre se pretende aceitar o convite lançado instantes antes pelo homólogo do Borussia Dortmund, para tomar um copo de vinho depois do jogo de amanhã, Amorim revelou que ficou “muito contente”, mas lembrou que é “muito português” na relação após o encontro.

Depende muito se ganho ou se perco, vou tentar melhorar. Mas, como espero sempre ganhar, lá estarei para beber um copo de vinho. Não sou muito de beber, mas fico feliz pelo convite. É muito simpático. Vamos ver, vou responder depois do jogo”, disse o treinador ‘verde e branco’.

Antes, também o defesa central Feddal passou pelo auditório Artur Agostinho, onde frisou que a equipa do Sporting é “um bloco muito compacto” e reconheceu que o encontro de quarta-feira, com os alemães, “é superimportante” e um jogo onde “tudo se pode decidir”.

Questionado sobre se a equipa já tem planos para festejar o apuramento para os oitavos de final, em caso de vitória por dois ou mais golos de diferença, o marroquino preferiu focar-se antes “nos três pontos”.

Não pensamos nisso. Pensamos em ganhar, em entrar bem no jogo e conseguir o nosso objetivo. É um jogo de três pontos, com muita importância, e vamos estar focados nisso”, esclareceu Feddal.

O Sporting recebe o Borussia Dortmund na quarta-feira, às 20:00, no Estádio José Alvalade, em encontro da quinta jornada do Grupo C da Liga dos Campeões que pode ser decisivo para a continuidade dos ‘leões’ na competição.

A equipa de Ruben Amorim garante o apuramento para os oitavos de final se vencer por dois ou mais golos de diferença, mas também pode ficar já ‘relegada’ para a Liga Europa se perder diante dos alemães.

Em caso de empate, o Sporting precisa de fazer melhor na última jornada, na deslocação ao terreno do Ajax, do que o Borussia Dortmund na receção ao Besiktas.

Se vencer o Borussia Dortmund por menos de dois golos, o Sporting até pode perder na última jornada, mesmo que os alemães vençam os turcos, mas tem de segurar uma vantagem na diferença de golos marcados e sofridos que será, à entrada para essa jornada, favorável aos 'leões' em seis golos.

Siga-nos no Facebook, no Twitter, no Instagram e no Youtube.

Relacionadas

Pode gostar de ler

Na Primeira Página