loading

Treinador João Pedro Sousa rescinde com Boavista por mútuo acordo

Últimas Notícias

Notícias Mais vistas

Sondagem

Quem merece vencer a Bola de Ouro?

O treinador João Pedro Sousa rescindiu por mútuo acordo o contrato que tinha com o Boavista até ao final da época 2022/23, face ao interesse em abraçar um novo desafio no estrangeiro, anunciou hoje o clube da I Liga de futebol.

Treinador João Pedro Sousa rescinde com Boavista por mútuo acordo

A Boavista Futebol Clube, Futebol SAD foi confrontada com a vontade do treinador em aceitar uma proposta que recebeu de um clube estrangeiro, tendo acedido ao pedido de João Pedro Sousa”, lê-se em comunicado no sítio oficial dos ‘axadrezados’ na Internet.

João Pedro Sousa rendeu Jesualdo Ferreira em 28 de junho, logo após o final da época passada, e contabilizou dois triunfos, cinco empates e cinco derrotas no campeonato, deixando o Boavista na 11.ª posição, com 11 pontos, dois acima do lugar de ‘play-off’ e três sobre a zona de despromoção direta, estando há nove rondas consecutivas sem vencer.

Os portuenses foram ainda eliminados da Taça de Portugal, ao serem goleados na visita ao Rio Ave, da II Liga (4-0), mas continuam a um empate na receção ao Sporting de Braga, na terceira e última ronda do Grupo C, de aceder à ‘final four’ da Taça da Liga.

A Boavista Futebol Clube, Futebol SAD agradece todo o profissionalismo que João Pedro Sousa e a sua equipa técnica colocaram ao serviço do clube, desejando-lhes as maiores felicidades para os desafios que se seguem”, termina a nota.

De acordo com a imprensa nacional, João Pedro Sousa está prestes a rumar ao Al-Raed, sexto classificado da Liga saudita, no qual compete o internacional luso Éder, ‘herói’ da final do Euro2016, depois de já ter recusado dois convites de clubes do Médio Oriente.

O técnico, de 50 anos, cumpriu a segunda experiência no escalão principal, na sequência de época e meia ao leme do Famalicão, que deixou à 16.ª jornada da última edição da I Liga, na 16.ª posição, com 14 pontos, após três vitórias, cinco empates e oito derrotas.

Antes de comandar os minhotos, João Pedro Sousa evoluiu como técnico adjunto de Marco Silva no Estoril (2012-2014) e no Sporting (2014/15), nos gregos do Olympiacos (2015/16) e nos ingleses do Hull City (2016/17), Watford (2017/18) e Everton (2018/19).

O treinador, natural de Luanda, também exerceu funções idênticas nos famalicenses (2009/10) e na formação do Sporting de Braga (2010-12), depois de ter atuado como avançado pelos ‘arsenalistas’, Desportivo de Chaves e Rio Ave, entre outros clubes.

O Boavista vai alterar o comando técnico pela sétima temporada seguida, entre nove treinadores utilizados, sendo que Petit, que saiu do Belenenses SAD em outubro, foi o último a disputar um campeonato inteiro, em 2014/15, quando as ‘panteras’ regressaram pela via administrativa à I Liga, a partir do então Campeonato Nacional de Seniores.

Siga-nos no Facebook, no Twitter, no Instagram e no Youtube.

Relacionadas

Pode gostar de ler

Na Primeira Página