loading

Portimonense «mentalizado e a pensar que é possível» surpreender FC Porto

Últimas Notícias

Notícias Mais vistas

Sondagem

Quem merece vencer a Bola de Ouro?

O treinador do Portimonense, Paulo Sérgio, disse hoje que a sua equipa está mentalizada e trabalhou a pensar que é possível surpreender o FC Porto na sexta-feira, em jogo da 13.ª jornada da I Liga de futebol.

Portimonense «mentalizado e a pensar que é possível» surpreender FC Porto

Vai ser um jogo dificílimo, contra uma equipa fortíssima. Sabemos que, em matéria de probabilidades, elas não caem para o nosso lado, mas isso não nos faz ser negativos ou deixar de acreditar que amanhã [sexta-feira] poderá ser o nosso dia. A equipa está mentalizada e trabalhou a pensar que é possível. Vamos procurar – é a nossa obrigação – ser competitivos e dignificar o emblema”, afirmou o técnico, na antevisão ao encontro marcado para o Municipal de Portimão.

Com um bom percurso no campeonato, que vale aos algarvios o sexto lugar, com 20 pontos, Paulo Sérgio assumiu “satisfação”, mas também vontade de fazer “sempre mais”.

É bom ter 20 pontos nesta altura, mas queremos mais. Queremos fazer os pontos para atingir os nossos objetivos o quanto antes. Este é mais um desafio grande, em função do excelente oponente, mas isso serve de motivação e não de qualquer tipo de inibição para os atletas”, apontou o treinador, que não contará com o médio-ofensivo japonês Nakajima, emprestado pelos ‘dragões’.

Lembrando que, sob o seu comando, embora só some derrotas no confronto direto, o FC Porto nunca bateu o Portimonense “de forma fácil”, o treinador dos algarvios promete “ir para a briga” com muita concentração.

Qualquer desatenção ou qualquer falha penaliza-nos bastante, porque a qualidade é tremenda no oponente”, referiu Paulo Sérgio, deixando elogios para um FC Porto que está “mais forte” em relação à época passada.

Quanto mais tempo o Sérgio passar à frente do FC Porto, a tendência é para melhorar. É uma equipa com um espírito coletivo muito vincado, com sinal do seu treinador e que vem evoluindo e melhorando coletivamente à medida que o tempo passa. É isso mesmo que fazem as grandes equipas e nós vemos como o FC Porto se bate com Juventus ou Liverpool, com equipas de grande dimensão mundial”, declarou o técnico.

Sobre o incidente com Sérgio Conceição no Portimonense-FC Porto (1-2) de março passado, Paulo Sérgio assegurou que “são águas passadas” e que “está completamente ultrapassado”, criticando até a forma como o episódio foi analisado.

Desentendemo-nos e não ficámos orgulhosos disso. Mas, na altura, também quase que nos quiseram crucificar. Em relação a ataques pessoais, até a mim me envergonhou estar envolvido numa situação em que ele estava a ser atacado de uma forma cruel. Sabemos como são as guerrilhas entre ‘grandes’ e as coisas depois descambaram, só faltou meterem-nos aos dois uns meses em Custóias”, ironizou o treinador em alusão ao estabelecimento prisional.

Com a garantia de “um reencontro tranquilo”, Paulo Sérgio finalizou sobre a relação com Conceição: “Provavelmente, é mais o que nos une do que aquilo que nos separa.

O Portimonense, sexto classificado, com 20 pontos, recebe na sexta-feira o FC Porto, que partilha a liderança da I Liga com o Sporting, com 32, em jogo marcado para o Estádio Municipal de Portimão, às 19:00, com arbitragem de Manuel Oliveira, da associação do Porto.

Siga-nos no Facebook, no Twitter, no Instagram e no Youtube.

Relacionadas

Pode gostar de ler

Na Primeira Página