loading

Rúben Amorim: «Já esperávamos dificuldades»

Últimas Notícias

Notícias Mais vistas

Sondagem

Quem vence a Liga dos Campeões 2021-2022?

Declarações de Rúben Amorim, treinador do Sporting, após a vitória frente ao Casa Pia (2-1), em jogo dos oitavos de final da Taça de Portugal, realizado Estádio Pina Manique, em Lisboa.

Rúben Amorim: «Já esperávamos dificuldades»

"No primeiro remate, o Casa Pia consegue fazer golo. Depois, tomámos conta do jogo, com calma. Recebemos algumas bolas entrelinhas que podíamos ter definido melhor e deixámos correr às vezes o Godwin e o Jota. O Casa Pia também joga, mas acabámos por controlar o jogo, que não era nada fácil.

Na segunda parte, penso que acelerámos o jogo. Mantivemos a qualidade na posse, tentámos encontrar os caminhos e fomos mais rápidos a atacar a baliza. Com a expulsão, o jogo mudou um pouco, defendemos o resultado bem e o Casa Pia acabou por não ter oportunidades. Foi uma boa vitória.

O Casa Pia está diferente, mas tem pessoas do meu tempo. Está muito mais profissional, mas ainda tem um longo caminho. É importante rever estes sítios para ver de onde viemos. Fomos muito felizes aqui.

[Tabata] É um rapaz que trabalha muito e que não tem maldade nos lances. No outro jogo com o Penafiel, foi uma vontade de recuperar a bola numa fase com o jogo controlado, podia ter cuidado. A forma como quer trabalhar e ganhar minutos, às vezes, trai o jogador.

Já esperávamos dificuldades. Não me lembro de ter assim tantos jogos descansados, mesmo tendo esta equipa vencido tantos jogos. Faz parte da identidade da equipa. O Casa Pia foi forte onde procura ser, a explorar o Godwin, o Jota muito inteligente nas movimentações. São a melhor defesa da II Liga, mas conseguimos sair vencedores.

Faltava agressividade na movimentação e a equipa melhorou toda na segunda parte. Aumentaram o ritmo quando estávamos a atacar. Tivemos um jogador mesmo de área e esses pormenores chamam à vista a qualidade da equipa e do próprio jogador. O Paulinho foi importante, mas toda a equipa mudou a intensidade".

Siga-nos no Facebook, no Twitter, no Instagram e no Youtube.

Relacionadas

Na Primeira Página