loading

Crónica: Sporting vence com golos ao ‘primeiro toque’ jogo com final tenso

Últimas Notícias

Notícias Mais vistas

Sondagem

Quem vence a Liga dos Campeões 2021-2022?

O Sporting regressou hoje aos triunfos na I Liga portuguesa de futebol ao derrotar o Vizela por 2-0, com golos marcados após combinações ao primeiro toque, em partida da 18.ª jornada com momentos ‘tensos’ no final.

Crónica: Sporting vence com golos ao ‘primeiro toque’ jogo com final tenso

Apesar do ímpeto minhoto na fase inicial do desafio, os ‘leões’ passaram a deter a supremacia territorial a partir do minuto 20 e construíram a vitória antes do intervalo, com tentos de Pedro Gonçalves, aos 28, e de Daniel Bragança, aos 42, na conclusão de tabelas rápidas e precisas, sem resposta à altura da defesa vizelense.

Com este triunfo num jogo que terminou com desacatos, desencadeados pelo instante em que o sportinguista Nuno Santos atirou água para os adeptos vizelenses na bancada, a equipa Lisboa igualou os 47 pontos do líder FC Porto, que joga hoje, no reduto do Belenenses SAD, enquanto os vizelenses averbaram a segunda derrota consecutiva para o campeonato e ocupam a 15.ª posição, com 16 pontos.

Com os regressos de Koffi Kouao, Aidara, Claudemir e Kiko Bondoso à titularidade, o Vizela apareceu em campo no seu habitual sistema tático 4x3x3, com uma abordagem intensa a todas as disputas de bola, e ‘incomodou’ a defesa ‘verde e branca’ no primeiro quarto de hora, obrigando Adán a defesa atenta ao minuto sete, em remate de Francis Cann.

A equipa treinada por Rúben Amorim, que se apresentou com Gonçalo Inácio e Daniel Bragança como novidades no ‘onze’, conteve o ‘atrevimento’ vizelense, substituiu as tentativas de bolas longas dos minutos iniciais por um processo ofensivo assente em mais jogadores e passou a dominar o jogo a partir do minuto 20.

Na primeira triangulação ao primeiro toque capaz de deixar a bola em zona frontal à baliza, já no interior da área, o Sporting marcou: após entendimento com Paulinho e Sarabia, o melhor marcador da edição 2020/21 da I Liga, Pedro Gonçalves, com 23 golos, atirou fora do alcance do guardião vizelense e marcou pela quinta vez para o campeonato, quebrando um ciclo de seis partidas sem o conseguir.

As rápidas trocas de bola no ‘último terço’ ofensivo confundiam as marcações do Vizela e valeram uma oportunidade flagrante de golo a Paulinho, à passagem do minuto 30, antes de Daniel Bragança dilatar a vantagem leonina, num golo parecido ao inaugural.

Graças a um atraso de primeira de Nuno Santos, o médio de 22 anos apareceu em posição frontal e colocou a bola junto ao poste esquerdo, marcando pela segunda vez na presente edição da I Liga.

O Vizela ‘reanimou-se’ com a entrada de Cassiano para o lugar de Francis Cann após o intervalo e ameaçou a baliza à guarda de Adán num remate de Alex Méndez, ao minuto 51, já depois de Pedro Gonçalves se ter aproximado do ‘bis’, num remate defendido por Pedro Silva.

Os lances de perigo repartiram-se pelas duas equipas ao longo da segunda parte, com Sarabia, para o Sporting, e Raphael Guzzo, para o Vizela, a desperdiçaram ocasiões claras de golo na fase final, antes dos desacatos que marcaram os últimos seis minutos do jogo, face à água que Nuno Santos lançou na direção dos adeptos vizelenses atrás do banco leonino.

O médio vizelense Raphael Guzzo foi pedir satisfações ao adversário e gerou-se uma ‘confusão’ entre jogadores e equipas técnicas, enquanto surgiam insultos da bancada afetas ao Vizela e deflagravam petardos no setor afeto aos adeptos do Sporting.

Siga-nos no Facebook, no Twitter, no Instagram e no Youtube.

Relacionadas

Na Primeira Página