loading

Gil Vicente: Ricardo Soares testou positivo, mas estará presente no jogo

Últimas Notícias

Notícias Mais vistas

Sondagem

Quem vence a Liga dos Campeões 2021-2022?

O treinador adjunto do Gil Vicente Maurício Vaz, que hoje substituiu Ricardo Soares, que testou positivo ao coronavírus, mas estará presente no jogo de domingo, disse esperar dificuldades diante do Portimonense, na 19.ª jornada da I Liga de futebol.

Gil Vicente: Ricardo Soares testou positivo, mas estará presente no jogo

O técnico principal teve um teste positivo ao coronavírus SARS-CoV-2 no passado domingo, mas só hoje o clube minhoto tornou isso público, garantindo que Ricardo Soares estará no banco de suplentes a orientar a equipa diante dos algarvios passados os sete dias de isolamento.

Ricardo Soares esteve, assim, ausente da semana de treinos da equipa de Barcelos e foi o treinador adjunto Maurício Vaz que fez a antevisão do jogo com os algarvios.

“A partir do momento em que ele não está, foi uma semana diferente, porque o ‘mister’ transmite muita confiança, é o nosso líder. Aproveito para lhe mandar um abraço em nome do grupo, esperamos que esteja tudo bem, porque o mais importante é a saúde”, disse.

O adjunto frisou que Ricardo Soares “confia na equipa técnica, que já trabalha com ele há muito tempo”. “É fácil perceber o que ele quer da equipa e confiamos nos jogadores que são super profissionais”, completou.

Maurício Vaz perspetivou “mais um jogo difícil, contra uma excelente equipa, muito bem orientada, com uma capacidade tremenda a nível coletivo e individual”.

Os algarvios são sétimos, a apenas dois pontos de distância dos gilistas, mas atravessam uma fase menos positiva da época, com apenas uma vitória nas últimas seis rondas, para além da recente eliminação nos quartos de final da Taça de Portugal, em casa, pelo Mafra, da II Liga.

Contudo, o técnico adjunto considerou que o Gil Vicente não tirará partido de uma eventual instabilidade da equipa de Portimão.

“O Portimonense é uma equipa estável no ‘top 8’ do campeonato e sabemos que as equipas da I Liga passam dois, três, quatro jogos sem ganhar, por vezes pontuam, mas não ganham e o Portimonense está a passar por uma fase dessas, mas é uma excelente equipa e não temos vantagem nenhuma por causa disso”, afirmou.

Os minhotos são quintos classificados e registam apenas uma derrota nas últimas nove jornadas e, questionado sobre como se mantém a motivação elevada no grupo, Maurício Vaz respondeu: “é querer mais, querer sermos melhores, trabalhar para ser melhor no dia-a-dia, nas nossas capacidades individuais para se refletir no coletivo”.

O extremo Murilo lesionou-se com gravidade (rutura no tendão de Aquiles do pé esquerdo) no treino de quinta-feira e falha o resto da temporada e Maurício Vaz deixou palavras de alento ao jogador brasileiro.

“Um abraço ao Murilo, [quero] desejar boa recuperação. É um craque como jogador e como homem é fantástico, dos melhores profissionais que temos, é de grupo, de trabalho, com classe individual. Tudo o que os treinadores gostam de ter nos jogadores é o Murilo. Mas, temos mais opções no plantel, estamos tristes pelo Murilo, mas quem entrar vai dar uma resposta e vai acrescentar”, disse.

​​​Gil Vicente, quinto classificado, com 27 pontos, e Portimonense, sétimo, com 25, defrontam-se a partir das 18:00 de domingo, no Estádio Cidade de Barcelos, em jogo que será arbitrado por João Pinheiro, da associação de Braga.

Siga-nos no Facebook, no Twitter, no Instagram e no Youtube.

Relacionadas

Na Primeira Página