loading

QF Mundial-2022: Equador empata com Brasil e fica mais perto do Qatar

Últimas Notícias

Notícias Mais vistas

Sondagem

Quem vence a Liga dos Campeões 2021-2022?

O Equador empatou 1-1 na receção ao já apurado Brasil, no encontro inaugural da 15.ª jornada da zona sul-americana de apuramento, e deu mais um passo rumo à qualificação para o Mundial de futebol de 2022.

QF Mundial-2022: Equador empata com Brasil e fica mais perto do Qatar

Num jogo repleto de incidentes, incluindo duas expulsões do guarda-redes brasileiro Alisson e dois penáltis para os locais revertidos pelo VAR, a ‘canarinha’ marcou primeiro, logo aos seis minutos, por Casemiro, com os anfitriões a responderem aos 75, por Félix Torres.

Com mais este ponto, o Equador, terceiro colocado, atrás dos qualificados Brasil, que segurou a invencibilidade (11 vitórias e três empates), e Argentina, passou a somar 24 pontos, provisoriamente mais seis do que Colômbia e Peru e mais sete em relação a Chile e Uruguai, todos com menos um jogo.

O encontro começou com um falhanço do Equador, por intermédio de Enner Valencia, aos dois minutos, e prosseguiu com o golo do Brasil, aos seis, por Casemiro, com um desvio à ‘boca’ da baliza, após centro de Coutinho e cabeceamento de Matheus Cunha.

As coisas ainda pioram mais para os locais aos 15 minutos, quando o guarda-redes Alexander Domínguez foi expulso após uma entrada com o pé ao pescoço de Matheus Cunha, situação amenizada aos 20, com o segundo amarelo de Emerson Royal.

O ’10 contra 10’ quase se transformou num ’10 contra 9’, mas tudo não passou de ‘falso alarme’, já que o vermelho direto mostrado a Alisson, guarda-redes do Brasil, aos 26 minutos, foi ‘transformado’ em amarelo, aos 31, após consulta ao VAR.

Enquanto Gustavo Alfaro sacrificou Alan Franco para colocar o guarda-redes Hernán Galíndez, Tite equilibrou a equipa com a entrada do veterano Dani Alves, fazendo sair Coutinho.

O equilíbrio pautou o resto da primeira parte, na qual se registou novo falhanço de cabeça de Enner Valencia, aos 42 minutos, em posição duvidosa, e num remate ao lado de Matheus Cunha, na parte final dos 10 minutos de descontos.

Na segunda parte, o Equador foi com mais convicção em busca da igualdade, mas Estrada desaproveitou grande jogada do ex-‘leão’ Gonzalo Plata, aos 53 minutos, para, aos 55, um penálti inicialmente marcado ser, depois, anulado pelo VAR.

A insistência dos equatorianos, mesmo sem grandes oportunidades, acabou por dar frutos aos 75 minutos, com Félix Torres a faturar de cabeça, ao primeiro poste, depois de um canto marcado na direita por Plaza.

Já nos descontos, que foram novamente 10 minutos, o árbitro assinalou nova grande penalidade a favor do Equador, aos 90+2, e voltou a expulsar Alisson, aos 90+4, agora por acumulação de amarelos, mas, após ver as imagens, voltou novamente atrás, aos 90+8. Nem expulsão, nem penálti, e o jogo acabou empatado.

Siga-nos no Facebook, no Twitter, no Instagram e no Youtube.

Relacionadas

Na Primeira Página