loading

Marítimo: Vasco Seabra quer ser um «adversário difícil» para o FC Porto

Últimas Notícias

Notícias Mais vistas

Sondagem

Quem vence a Liga dos Campeões 2021-2022?

O treinador do Marítimo, Vasco Seabra, disse hoje que o clube madeirense «quer também ser um adversário difícil» para o FC Porto, reconhecendo a qualidade do atual líder da I Liga de futebol, que «dispensa apresentações».

“Vamos defrontar um adversário difícil e queremos ser também um adversário difícil. Sabemos que vamos ter de sofrer e lutar muito, mas essencialmente temos de manter aquilo que é a nossa identidade”, sublinhou Vasco Seabra aos jornalistas presentes na conferência de antevisão ao embate da 20.ª jornada no Estádio do Dragão.

A expectativa do ‘timoneiro’ maritimista passa por fazer um bom jogo e encarar o adversário como muito difícil, por tratar-se do primeiro classificado, que segundo o técnico “dispensa apresentações”.

“A classificação não mente. O FC Porto tem estado muito bem, com muita dinâmica coletiva, qualidade individual associada também a uma ideia de jogo que tem crescido. A exigência do treinador e a forma como lidera o próprio processo do jogo”, frisou, reforçando que o objetivo dos ‘verde rubros’ passa por criar dificuldade aos ‘azuis e brancos’, “sabendo que isso requer muito trabalho”.

Questionado sobre se o Marítimo conseguiria repetir a proeza da época passada, onde venceu no terreno portista, por 3-2, o treinador respondeu em jeito de brincadeira que “se fosse possível assinar por baixo o resultado do ano passado” que assinava sem problema nenhum.

O treinador, de 38 anos, garantiu ainda que o conjunto madeirense “tem uma vontade muito grande de vencer o jogo”, desvalorizando a ausência de Matheus Uribe, Luiz Díaz e Taremi, devido a compromissos de seleções, explicando que “o Porto tem ainda Pepê, Francisco Conceição e Grujic”.

“Nós não podemos contar com o Joel, uma baixa importante para nós. Não nos refugiamos em jogadores que faltam e, conhecendo o Sérgio [Conceição], também acredito que não se vai refugiar”, contrapôs o técnico natural de Paços de Ferreira.

O ponta de lança camaronês cumpre frente ao FC Porto uma partida de castigo, fruto da expulsão, que causou “estranheza a toda a gente”, segundo Vasco Seabra, na jornada transata frente ao Belenenses SAD (1-1).

“Penso que foi demasiado penalizador para o jogador e para a equipa, mas temos de avançar. Naturalmente, que surgem novas oportunidades e desafios para outros, que tenho a certeza que vão estar preparados”, destacou.

De regresso às opções do técnico dos ‘leões do Almirante Reis’ está o médio Bruno Xadas, recuperado de uma entorse no joelho que o afastou dos relvados nos últimos dois meses.

O treinador que já comandou oito partidas ao leme maritimista, apenas consentiu uma derrota, na visita ao Benfica, por 7-1.

Relembrando o jogo na Luz, Vasco Seabra garante que “contrariamente ao que foi falado, a equipa teve muitos momentos bons no jogo” e que soube reagir bem ao desaire.

“A equipa reagiu muito bem, após isso o nosso processo aumentou, melhorou e desenvolveu-se”, afirmou, enfatizando que acredita que o conjunto madeirense “está preparado para fazer um bom jogo”.

O Marítimo, nono classificado, com 24 pontos, visita o FC Porto, atual líder da I Liga com 53, em jogo da 20.ª jornada, agendado para as 20:30 de domingo.

Siga-nos no Facebook, no Twitter, no Instagram e no Youtube.

Relacionadas

Na Primeira Página