loading

Taça de Portugal: Tondela é o 26.º estreante em finais

Últimas Notícias

Notícias Mais vistas

Sondagem

Quem está a reforçar-se melhor no mercado?

O Tondela vai ser o 26.º estreante em finais da Taça de Portugal em futebol, quando defrontar no domingo, no Estádio Nacional, o FC Porto, na decisão da 82.ª edição da prova.

Taça de Portugal: Tondela é o 26.º estreante em finais

Os tondelenses atingiram o jogo decisivo ao afastarem nas meias-finais o Mafra, equipa do escalão secundário, depois de já terem deixado pelo caminho Camacha, Leixões, Estoril Praia, único oponente da I Liga, e Rio Ave.

A história dos estreantes em finais começou, obviamente, na edição inaugural (1938/39), com a Académica, 'histórico' do futebol português que esta época desceu pela primeira vez ao terceiro escalão, a impor-se ao Benfica, recordista de vitórias na prova, com 26, por 4-3.

Depois, estrearam-se mais 23 equipas, sendo que, só 51 anos depois, em 1989/90, aconteceu o segundo jogo, e ainda último, entre debutantes, no caso o Estrela da Amadora e o Farense, com o conjunto da Reboleira a impor-se num jogo de desempate (2-0).

No que respeita aos 21 embates entre estreantes e não estreantes, só cinco ‘caíram’ para a equipa a cumprir a primeira aparição na final.

O Sporting, já o quarto estreante, em 1940/41, foi o primeiro a consegui-lo, ao impor-se ao Belenenses - que se havia estreado na final anterior - por 4-1.

Seguiu-se uma longa série de equipas que marcaram presença pela primeira vez na final e não conseguirem arrebatar o troféu, mais precisamente oito (Vitória de Guimarães, Vitória de Setúbal, Estoril Praia, Olhanense, Atlético, FC Porto, Torreense e Sporting da Covilhã).

Os ‘dragões’ só cumpriram a primeira presença numa final em 1952/53, tornando-se apenas a 10.ª equipa a consegui-lo, e foram goleados pelo Benfica por inapeláveis 5-0, num embate marcado por um ‘hat-trick’ de Arsénio.

Para encontrar um estreante vencedor foi preciso esperar pela temporada de 1960/61, quando o Leixões, o 13.º estreante, superou o FC Porto (2-0), em final disputada no antigo Estádio das Antas, a casa dos ‘azuis e brancos’.

O Sporting de Braga foi o estreante seguinte, o 14.º, e também deixou marca, ao vencer no jogo decisivo o Vitória de Setúbal por 1-0, na edição de 1965/66 da prova 'rainha'.

O 15.º conjunto a surgir na final também saiu com o troféu em mãos, quando o Boavista, em 1974/75, superou o Benfica por 2-1, selando o terceiro triunfo seguido para os debutantes.

Daí para a frente, e excetuando o embate de estreantes entre Estrela e Farense, que, uma das duas tinha de ganhar, só por uma vez um estreante se impôs, o Desportivo das Aves, que, de forma muito surpreendente, venceu o Sporting por 2-1, em 2017/18.

Após os falhanços de Rio Ave, Beira-Mar, Marítimo, Campomaiorense, União de Leiria, Paços de Ferreira e Desportivo de Chaves, o Desportivo das Aves, o 25.º estreante, bateu o ‘onze’ de Jorge Jesus, na ressaca do ataque à Academia de Alcochete.

Siga-nos no Facebook, no Twitter, no Instagram e no Youtube.

Relacionadas

Na Primeira Página