loading

Grécia: PAOK e Panathinaikos punidos com jogos à porta fechada após violência na Taça

Últimas Notícias

Notícias Mais vistas

Sondagem

Quem está a reforçar-se melhor no mercado?

O PAOK e o Panathinaikos foram punidos com três e dois jogos, respetivamente, à porta fechada, devido às cenas de violência nas bancadas do Estádio Olímpico de Atenas durante a final da Taça helénica, em 21 de maio.

Grécia: PAOK e Panathinaikos punidos com jogos à porta fechada após violência na Taça

Durante a final, o extremo espanhol Aitor Cantalapiedra do Panathinaikos após marcar o único golo do jogo, de grande penalidade aos 34 minutos, aproximou-se dos adeptos para partilhar a sua alegria e foi atingido por uma pedra.

Antes e durante a partida, adeptos de ambas as equipas detonaram bombas de fumo e lançaram sinalizadores contra a polícia, que teve que usar gás lacrimogéneo e granadas de efeito moral para retaliar.

A violência é regularmente associada ao futebol na Grécia e ambas as equipas podem recorrer da decisão.

Em abril passado, em Marselha, ocorreram graves incidentes entre os adeptos do PAOK e do clube francês quando as duas equipas se enfrentaram na Liga Conferência Europa.

No dia 01 de fevereiro, um jovem de 19 anos foi morto, esfaqueado por pertencer a um clube rival dos agressores.

Siga-nos no Facebook, no Twitter, no Instagram e no Youtube.

Relacionadas

Na Primeira Página