loading

Crónica: André Silva decisivo no difícil triunfo do V. Guimarães em Chaves

Últimas Notícias

Notícias Mais vistas

Sondagem

Quem tem o melhor plantel para 'atacar' o título?

O Vitória de Guimarães fez uso da experiência para vencer hoje o Desportivo de Chaves por 1-0, com golo do avançado André Silva, num encontro no qual os flavienses, de regresso à I Liga, estiveram perto do empate.

Crónica: André Silva decisivo no difícil triunfo do V. Guimarães em Chaves

O atacante brasileiro, de 25 anos, marcou num bom trabalho na área aos 45+3, decidindo o desafio a contar para a primeira jornada da I Liga portuguesa de futebol, que marcou o regresso dos flavienses ao principal escalão.

A diferença de experiência foi determinante no encontro em Trás-os-Montes, com a equipa de Vítor Campelos a entrar em campo com sete jogadores em estreia na I Liga: Paulo Vítor, João Correia, Bruno Langa, Kevin Pina, Batxi, Benny e Héctor Hernández.

Na quarta partida oficial, depois de três encontros para a Liga Conferência Europa, o técnico dos vimaranenses mudou quatro peças no onze, lançando Hélder Sá, Jota, Amaro e Ibrahima Bamba face à derrota (3-1) nos croatas do Hajduk Split.

O ritmo mais forte dos visitantes rapidamente foi contrariado pelos transmontanos, que conseguiram ganhar presença no meio campo contrário, graças à capacidade de condução de bola do João Teixeira, João Mendes e Benny, e obrigar o adversário a recorrer a várias faltas.

No entanto, as jogadas de perigo foram-se acumulando na baliza de Paulo Vítor, que evitou por duas vezes o golo, primeiro a André Silva, aos 13 minutos, e depois a Lameiras (36).

A melhor ocasião para os flavienses, no primeiro tempo, surgiu por intermédio de João Teixeira, servido por Batxi, aos 36 minutos, mas o médio e capitão rematou por cima.

A experiência do Vitória de Guimarães surgiu nos pormenores e, nos instantes finais da primeira parte, aos 45+3 minutos, chegou ao golo numa excelente jogada de envolvimento, com Lameiras a cruzar pela direita, Jota a servir André Silva que sem deixar a bola cair, rematou colocado para o fundo das redes.

A equipa da casa reentrou melhor depois do intervalo e esteve perto de mudar o rumo do resultado, com João Mendes (49 minutos) e João Teixeira (59), a ficarem perto do golo.

A partir da hora de jogo os vitorianos conseguiram voltar a impor-se, novamente com posse de bola e simplicidade entre André Silva, Lameiras e Jota.

Lameiras, aos 61 minutos, atirou ao poste após jogada individual, seguindo-se um remate perigoso de Jota (67).

Sem sentenciar a partida, o Vitória de Guimarães continuou exposto às rápidas saídas para o ataque, apesar de Vítor Campelos ter lançado mais quatro estreantes na I Liga: Guima, Jonny Arriba, Hélder Morim, Jô Batista e Patrick.

A boa réplica do Desportivo de Chaves manteve-se até final, principalmente depois da expulsão por vermelho direto de Alfa, aos 82 minutos, por entrada dura sobre Jô Batista.

A equipa de Guimarães teve que gerir o ritmo do encontro, que sofreu muitas pausas, mas conseguiu segurar o resultado.

Siga-nos no Facebook, no Twitter, no Instagram e no Youtube.

Relacionadas

Na Primeira Página