loading

ll Liga: Nacional estreia-se a vencer frente ao Torreense

Últimas Notícias

Notícias Mais vistas

Sondagem

Quem tem o melhor plantel para 'atacar' o título?

O Nacional venceu hoje o Torreense, por 2-0, em encontro da segunda jornada da II Liga e somou os primeiros pontos na competição.

ll Liga: Nacional estreia-se a vencer frente ao Torreense

O Nacional adiantou-se no marcador através de uma grande penalidade convertida por Danilovic (14), e já na segunda parte Macedo (51) fez o 2-0 final.

Com este triunfo na casa emprestada do Torreense, a equipa de Filipe Cândido somou os primeiros pontos na II Liga, depois de ter sido derrotada pelo Tondela na primeira jornada. Já o Torreense averbou a segunda derrota na prova e não tem ainda qualquer ponto conquistado.

Mesmo a jogar em casa emprestada, muito apoiado pelos adeptos que viajaram de Torres Vedras, o Torreense entrou melhor na partida e passou os primeiros 10 minutos do encontro instalado no meio-campo do Nacional.

No entanto, com o passar dos minutos, a intensidade da equipa de Nuno Manta Santos foi baixando e o Nacional começou a criar perigo, com a melhor oportunidade a surgir num remate de fora da área de Luís Esteves, que rasou a trave.

Aos 23 minutos o Nacional chegou à vantagem numa grande penalidade convertida por Danilovic. Num lance dividido, Pedro Machado foi pouco prudente e tocou Macedo depois do avançado se ter adiantado numa disputa de bola.

Em desvantagem no marcador, o Torreense, vencedor da Liga 3 na última época, voltou a instalar-se junto da baliza insular e sucederam-se os lances em que podia ter empatado. Aos 30 minutos, Rui Silva colocou a bola no ângulo, mas Daniel, com a defesa da tarde, desviou para canto.

Até ao intervalo, Mateus e Sambu podiam também ter faturado, mas os dois avançados não conseguiram materializar em golo as boas jogadas de ataque organizado que o Torreense mostrou em Mafra.

A segunda parte abriu com mais uma grande oportunidade do Torreense, a melhor de todo o jogo até então: na sequência de um lance disputado no meio-campo, Mateus ficou com a bola, assistiu Rui Silva na entrada da área, mas o remate acabou desviado pelo defesa do Nacional e passou a centímetros do poste de Daniel.

O Nacional parecia encostado às cordas, mas uma vez mais cumpriu-se a máxima de “quem não marca sofre”. Após desperdiçar várias oportunidades para empatar, o Torreense foi apanhado em contrapé e o Nacional, num contra-ataque bem desenhado, colocou Macedo cara a cara com Vagner e o avançado faturou o 2-0, aos 51 minutos.

Aos 60’, Sambu voltou a desperdiçar uma grande ocasião para a equipa da casa, mas pouco depois isolou Mateus e o angolano acabou derrubado na área madeirense. Na conversão da grande penalidade, João Oliveira confirmou a tarde desinspirada do conjunto de Torres Vedras na finalização, denunciou o remate e Daniel defendeu, mantendo inviolada a baliza insular.

Abalado por tanto desperdício, e apesar de continuar a lutar por reentrar na luta pelo resultado, o Torreense foi perdendo discernimento e deixou de encontrar com tanta eficácia os caminhos para a baliza do Nacional.

Os madeirenses, que concretizaram todos os lances de golo de que dispuseram, foram controlando o jogo e confirmaram a primeira vitória na II Liga.

Siga-nos no Facebook, no Twitter, no Instagram e no Youtube.

Relacionadas

Na Primeira Página