loading

Treinador Pedro Martins considera difícil o seu regresso ao futebol português

Últimas Notícias

Notícias Mais vistas

Sondagem

Quem tem o melhor plantel para 'atacar' o título?

O treinador de futebol português Pedro Martins considerou que será difícil regressar, a curto prazo, ao principal campeonato nacional, estando a perspetivar prosseguir a carreira no estrangeiro.

Treinador Pedro Martins considera difícil o seu regresso ao futebol português

O técnico de 52 anos, que recentemente deixou os gregos do Olympiacos, depois de mais de quatro anos no clube, procura “um bom projeto” à altura das suas ambições.

“Não me cabe a mim dizer o espaço que tenho no futebol português, sou um treinador ambicioso, com provas dadas e capacidade. Provavelmente, as equipas grandes nacionais não me podem oferecer um projeto, porque já estão bem servidas. Terei, por isso, que procurar outros locais”, disse Pedro Martins, à margem de uma participação do World Scouting Congress, que acontece no Porto.

O treinador, que saiu do Olympiacos em agosto, disse que já está pronto a regressar ao ativo, confessando que “não tem sido fácil” gerir este período sem estar no banco de suplentes.

“No momento que saí foi importante ter um tempo para recuperar forças, porque já não tinha férias há cinco anos, mas agora sinto falta, porque vivo intensamente o futebol”, confessou.

Enquanto aguarda pelo próximo projeto, Pedro Martins tem sido espetador da I Liga, analisando que “Benfica e Sporting de Braga têm sido os mais competentes”.

“O Benfica contratou bem e, além de ter acertado no treinador, foi buscar jogadores com perfil para a equipa. No Braga, o Artur Jorge está a fazer trabalho excecional, não só no campeonato como nas provas da UEFA. Sinto que vai continuar, é mais um treinador de sucesso”, partilhou.

Sobre FC Porto e Sporting, Pedro Martins não os retira da equação na luta pelo título, considerando que a disputa continua a ser a quatro.

“Para Sporting e FC Porto ainda há muito campeonato e terão certamente uma palavra a dizer. O FC Porto já esteve nesta situação e acabou por ser campeão, ainda é tudo muito precoce. O Sporting não começou bem, mas tem um plantel com qualidade. Qualquer uma das quatro equipas pode ainda conquistar o título”, analisou.

Pedro Martins deixou ainda “uma felicitação especial” para o Vitória de Guimarães, que hoje festeja 100 anos de existência.

“É um clube que me marcou muito enquanto jogador e treinador e pelo qual tenho uma paixão particular. Espero que tenha muitos sucessos nos próximos anos, que se torne ainda maior, e que no futuro entre na luta direta pelo título nacional”, concluiu.

Siga-nos no Facebook, no Twitter, no Instagram e no Youtube.

Relacionadas

Na Primeira Página