loading

Crónica: Seleção lusa de sub-21 vence Geórgia por 4-1 em jogo com seis estreias

Últimas Notícias

Notícias Mais vistas

Sondagem

Até onde chega Portugal no Mundial 2022?

A seleção portuguesa de sub-21 venceu hoje a Geórgia, por 4-1, na Covilhã, no primeiro encontro de preparação para o Campeonato da Europa de 2023, a realizar na Geórgia e na Roménia.

Crónica: Seleção lusa de sub-21 vence Geórgia por 4-1 em jogo com seis estreias

Paulo Bernardo e Samuel Costa marcaram na primeira parte, Moistsrapishvili reduziu, Henrique Araújo dilatou o marcador e Afonso Sousa fechou a contagem.

Numa primeira metade em que o guarda-redes Celton Biai, o defesa André Amaro e o médio Samuel Costa se estrearam no ‘onze’ na formação orientada por Rui Jorge, Portugal foi a equipa mais acutilante e mais confiante, que assumiu o jogo, com maior pendor ofensivo e acabou por se adiantar no marcador aos 15 minutos.

David da Costa, na esquerda, junto à linha final, ‘dançou’ entre a defesa adversária, tirou dois adversários do caminho e cruzou atrasado para o ‘coração’ da área, onde Paulo Bernardo atirou a contar.

Galvanizada, num estádio lotado, a seleção das ‘quinas’ continuou a mostrar-se mais solta, a ter a posse de bola e aumentou a contagem aos 22 minutos, por intermédio de Samuel Costa, com um remate à entrada da área em resposta a uma nova assistência de David da Costa.

A Geórgia não desistiu de procurar uma oportunidade e Karabadze, num remate de longe, acertou no poste aos 26 minutos, para pouco depois tentar nova investida, travada por Biai.

Antes do descanso foi Samuel Costa, de cabeça, a testar a atenção do guarda-redes adversário.

Após o intervalo, o técnico nacional manteve apenas Paulo Bernardo em campo, substituiu 10 jogadores e promoveu as estreias de João Costa, António Silva, Leonardo Lelo e Bernardo Vital.

Aos 54 minutos, Moistsrapishvili desviou-se de António Silva, rematou em ‘arco’ e reduziu a desvantagem, mas foi Portugal quem continuou a desequilibrar.

Depois de Henrique Araújo ter acertado no poste, aos 58 minutos, a passe de Afonso Sousa, aos 62, o atacante do Benfica, servido por Fábio Silva, e na sequência de uma jogada coletiva, marcou o terceiro golo luso.

Quando estavam jogados 75 minutos, a equipa portuguesa, dominadora e mais desequilibradora, apontou o 4-1 final, num remate vistoso de Afonso Sousa de fora da área.

A receita do jogo solidário reverteu para a associação Guardiões da Serra da Estrela, que tem ajudado a mitigar os danos provocados pelo incêndio de agosto.

Siga-nos no Facebook, no Twitter, no Instagram e no Youtube.

Relacionadas

Na Primeira Página