loading

Síntese: FC Porto goleia Braga e Benfica fica com possibilidade de reforçar a liderança

Últimas Notícias

Notícias Mais vistas

Sondagem

Até onde chega Portugal no Mundial 2022?

O FC Porto goleou o Sporting de Braga por 4-1, e juntou-se aos minhotos no segundo lugar da I Liga, resultado que pode permitir ao Benfica reforçar a liderança da prova.

Síntese: FC Porto goleia Braga e Benfica fica com possibilidade de reforçar a liderança

No Estádio do Dragão, os campeões regressaram aos triunfos, depois do empate (1-1) com o Estoril na última ronda, e acabaram com a invencibilidade do Sporting de Braga, que agora tem de ‘partilhar’ o segundo posto com os ‘dragões’.

Evanilson, aos 32 minutos, Eustáquio, aos 34, Pepê, aos 63, e Galeno, ex-Sporting de Braga, aos 90+6, fizeram os golos da equipa de Sérgio Conceição, enquanto Pepe, a surpresa do ‘onze’ do FC Porto, depois de ter estado a semana toda ausente por lesão, marcou o único tento dos minhotos, num lance infeliz, aos 55.

Destaque ainda para a expulsão do guarda-redes Matheus no Sporting de Braga, aos 84 minutos, devido a uma falta fora da área sobre o iraniano Taremi.

FC Porto e Sporting de Braga seguem agora ambos com 19 pontos, menos dois que o Benfica, que pode aumentar essa diferença para cinco, caso vença sábado no terreno do Vitória de Guimarães.

No Minho, além de poderem reforçar a liderança, os ‘encarnados’ procuram o 14.º triunfo seguido em todas as provas e manter o inicio de temporada 100% vitorioso.

Em Alvalade, no arranque da jornada, o Sporting ascendeu à condição ao sétimo lugar, ao vencer o Gil Vicente, por 3-1, mas falhou o que poderia ter sido uma goleada das ‘antigas’, tal o número de oportunidades criadas e desacerto defensivo da equipa de Barcelos.

Após sofrer a terceira derrota na prova, no Bessa, com o Boavista, (1-2), a formação ‘leonina’ somou o quarto triunfo no campeonato com golos de Morita, aos 16 minutos, Pedro Gonçalves, aos 22, e Rochinha, aos 82, contra um de Fran Navarro, aos 90+3.

Destaque para a estreia a marcar de Morita e Rochinha nos ‘leões’, bem como o primeiro jogo a titular do defesa espanhol Marsá.

A equipa de Rúben Amorim passou a contar 13 pontos, colocando-se, à condição, a um do Casa Pia, sexto colocado, enquanto o Gi Vicente manteve-se com nove, na 10.ª posição.

Siga-nos no Facebook, no Twitter, no Instagram e no Youtube.

Relacionadas

Na Primeira Página