loading

FC Porto: Sérgio Conceição encara jogo decisivo em Chaves para a Taça da Liga

Últimas Notícias

Notícias Mais vistas

Sondagem

Quem é o principal responsável pela eliminação de Portugal do Mundial no Qatar?

O treinador do FC Porto reconheceu hoje que a partida frente ao Desportivo de Chaves, da segunda jornada do Grupo A da Taça da Liga, é crucial para as aspirações dos ‘dragões’ na prova.

FC Porto: Sérgio Conceição encara jogo decisivo em Chaves para a Taça da Liga

“As atenções estão todas viradas para o Mundial2022 e esquecemos um bocado o nosso dia a dia. O trabalho é feito sempre da mesma forma, mas, de forma até inconsciente, a tendência é essa [para relaxar]. Falta-nos competição e estar naquela boa pressão dos jogos decisivos. Este é uma final para nós. Necessitamos dessa pressão, que alguns não gostam muito, mas que eu adoro”, confidenciou o técnico, em conferência de imprensa.

Igualados no terceiro lugar, com um ponto e a mesma diferença de golos, os dois clubes da I Liga podem isolar-se no topo da ‘poule’ em caso de triunfo, superando o ‘secundário’ Mafra e o também primodivisionário Vizela, que empataram 1-1 na segunda-feira e estão provisoriamente na liderança, com dois pontos, três tentos concretizados e três sofridos.

“Vemos um grande equilíbrio. Não há grande diferença entre equipas das I e II ligas. Há bons jogadores, equipas e equipas técnicas. Preparamos o jogo e sentimos o grupo bem, motivado e a querer [vencer], mas, depois, chegamos e as coisas não nos saem. Existe claramente algum ou muito demérito da nossa parte, mas também mérito do opositor. Se ganharmos ao Desportivo de Chaves estaremos na frente e continuamos a depender de nós, mas temos de ser muito melhores do que na primeira parte com o Mafra”, recordou.

O FC Porto encarou o nono início em ‘falso’, e segundo seguido, na Taça da Liga em 25 de novembro, quando recuperou de uma desvantagem de 0-2 sofrida antes do intervalo para empatar 2-2 na receção ao Mafra, incitando Sérgio Conceição a redobrar cautelas.

“Treinei clubes como o Desportivo de Chaves e os futebolistas por tendência galvanizam-se mais em casa. É uma questão de cabeça. Por vezes, emblemas como o FC Porto têm alguns dissabores, porque essa motivação e vontade de estar no jogo e ganhá-lo [de um lado] equilibra com atletas tecnicamente mais evoluídos e uma equipa melhor [do outro]. Espero um jogo muito difícil em Chaves e precisamos de estar no nosso melhor”, frisou.

Revendo nos flavienses um “bom treinador e jogadores com qualidade, bons princípios e que alinham juntos há algum tempo”, Sérgio Conceição prevê um cariz distinto da vitória caseira obtida pelos ‘azuis e brancos’ na sexta ronda da I Liga (3-0), em 10 de setembro.

“Até eu sinto que o meu nome não é [ultimamente] tão falado nas televisões, o que é algo estranho [risos]. Os jogadores devem ter o mesmo sentimento. Criámos estratégias e dei-lhes como trabalho de casa verem o Mafra-Vizela. Não perguntei nada no dia seguinte, porque sei que viram. Tinham estado algo desatentos aquando do Vizela-Desportivo de Chaves e, se calhar, por isso é que o jogo com o Mafra não nos correu tão bem”, notou.

Sérgio Conceição voltou a ter esta semana os internacionais Stephen Eustáquio, Marko Grujić e Mehdi Taremi, que estiveram ao serviço das seleções de Canadá, Sérvia e Irão, respetivamente, no Mundial2022, prova na qual continuam os portugueses Diogo Costa, Pepe e Otávio.

Eustáquio juntou-se, porém, a Francisco Meixedo, Zaidu, Gabriel Veron e Evanilson no boletim clínico dos ‘dragões’, após a lesão muscular na coxa esquerda sofrida na derrota do Canadá frente à Croácia (4-1), em 27 de novembro, na segunda jornada do Grupo F.

“Stephen Eustáquio não está disponível para este jogo e provavelmente também vai ser difícil nas próximas semanas. É o problema de diferentes equipas técnicas e formas de trabalhar e de se preparar competições distintas. O clube acaba por pagar”, lamentou o treinador, que tenta levar o finalista vencido em 2009/10, 2012/13, 2018/19 e 2019/20 a um inédito título na 16.ª edição da prova mais jovem do futebol profissional português.

O FC Porto visita o Desportivo de Chaves na quinta-feira, às 19:00, no Estádio Municipal Engenheiro Manuel Branco Teixeira, em Chaves, em encontro da segunda jornada do Grupo A da Taça da Liga, com arbitragem de Cláudio Pereira, da associação de Aveiro.

Siga-nos no Facebook, no Twitter, no Instagram e no Youtube.

Relacionadas

Para si

Na Primeira Página