loading

"Podem ter a certeza que, no próximo ano, a administração não terá prémio nenhum"

Na última AG do FC Porto, que decorreu no Dragão Arena sem qualquer tipo de incidências, Fernando Gomes, administrador financeiro do clube, declarou que a administração do FC Porto não será premiada no próximo ano, apesar de circunstâncias excecionalmente bem-sucedidas desta época.

"Podem ter a certeza que, no próximo ano, a administração não terá prémio nenhum"

Esta decisão surge num contexto em que a administração dos azuis e brancos recebeu prémios relativos aos objetivos alcançados na última temporada, apesar do prejuízo de 2,4 milhões de euros registado pelo emblema da Invicta, presidido por Jorge Nuno Pinto da Costa.

O anúncio de Gomes foi feito em resposta à recente exigência de André Villas-Boas, que pediu a devolução dos prémios para votar a favor da aprovação das contas.

Villas-Boas, ex-treinador do FC Porto e possível candidato nas eleições portistas de 2024, acusou a SAD de 'indiferença' em relação ao clube e recebeu aplausos calorosos dos muitos sócios presentes no Dragão Arena.

Fernando Gomes, braço direito de Pinto da Costa na gestão da contas dos dragões destacou que a determinação da administração em não aceitar prémios no próximo ano é uma medida de responsabilidade financeira e transparência.

"Num ano em que o FC Porto seja campeão, vá à Liga dos Campeões e tenha resultados positivos nas contas, a administração recebe um prémio. Jogadores e treinadores recebem o que está determinado nos contratos", começou por dizer o dirigente portista.

"Foi uma situação excecional, mas podem ter a certeza que, no próximo ano, a administração não terá prémio nenhum", garantiu Fernando Gomes.

Este anúncio feito pelo administrador financeiro marca uma mudança significativa na política de prémios do clube e reflete a importância dada à gestão financeira sustentável, especialmente após as críticas de Villas-Boas e a agitação na assembleia-geral anterior, que ficou marcada por incidentes e agressões.

Siga-nos no Facebook, no Twitter, no Instagram e no Youtube.

Relacionadas

Para si

Na Primeira Página

Últimas Notícias

Notícias Mais vistas

Sondagem

Quem está mais perto de chegar aos quartos de final da Liga Europa?