loading

"Continuar a atormentar a melhor equipa do planeta e ir ao Dragão com mínimo de 7 de avanço"

O campeonato português está numa fase de intensa competitividade, com Benfica e Sporting a liderarem a tabela classificativa em igualdade pontual, mas com os leões a terem um jogo em atraso, diante do Famalicão.

"Continuar a atormentar a melhor equipa do planeta e ir ao Dragão com mínimo de 7 de avanço"
Benfica

"Nem contra o último baixamos a fasquia", diz conhecido sócio do Benfica.

Neste contexto, cada ponto conquistado ou perdido pode ter um peso significativo na corrida pelo título nacional, que na temporada passada foi conquistado pelos encarnados.

A equipa encarnada, liderada por Roger Schmidt, vem de uma vitória 'à moda antiga' frente ao lanterna vermelha do campeonato, o Vizela, num jogo em que o técnico alemão foi alvo de muitos assobios por parte dos adeptos benfiquistas presentes nas bancadas do Estádio da Luz.

Schmidt, em declarações após o encontro, reconheceu que está sujeito a críticas independentemente das suas decisões, simplesmente por ser o treinador do Benfica.

No entanto, o técnico salientou a boa forma dos seus jogadores e aprofundou a sua satisfação com a profundidade do plantel, destacando a capacidade de manter a qualidade mesmo com mudanças na equipa titular.

"Não importa o que faço, vou ser sempre criticado, porque sou treinador do Benfica. É normal. Não é um problema para mim. Tenho de tomar decisões", começou por dizer o técnico das águias.

"Os jogadores estão em muito boa forma. Temos várias opções e precisamos de todos. Foi bom ter feito estas mudanças hoje, sem haver perda de qualidade. Mostrámos um futebol de alto nível, mesmo mudando vários jogadores. Estou muito feliz", observou Schmidt.

Apesar do momento positivo da equipa encarnada, Roger Schmidt enfrenta o desafio de manter a liderança do campeonato, especialmente com o Sporting na perseguição e com um jogo por disputar que pode alterar significativamente a hierarquia na tabela classificativa.

Jaime Cancella de Abreu, conhecido adepto do Benfica, expressou a sua esperança numa série de jogos assertivos da equipa da Luz nas jornadas futuras, com a expectativa de chegar ao clássico contra o FC Porto com uma vantagem confortável na classificação.

"Continuar a atormentar a melhor equipa do planeta e arredores e ir ao Dragão com um mínimo de 7 pontos de avanço", escreveu o conhecido sócio do Benfica, numa mensagem publicada nas redes sociais.

"Faça o que fizer é criticado", escreveu ainda o adepto das águias, não deixando também de fazer uma referência ao apoio que se fez sentir à equipa no jogo diante do Vizela, lembrando que estiveram na 'Catedral 56.181' aficionados do atual campeão nacional.

"Nem contra o último baixamos a fasquia", frisou Cancella de Abreu.

No entanto, Roger Schmidt e os seus jogadores têm consciência de que a liderança na tabela classificativa é condicional e que qualquer deslize pode custar a posição privilegiada no topo do campeonato português.

O técnico alemão tem pela frente o desafio de manter os níveis de motivação e concentração da equipa, enquanto se preparam para enfrentar uma série de jogos exigentes nas próximas semanas.

Confira aqui tudo sobre a competição.

Siga-nos no Facebook, no Twitter, no Instagram e no Youtube.

Relacionadas

Para si

Na Primeira Página

Últimas Notícias

Notícias Mais vistas

Sondagem

Quem será o próximo presidente FC Porto?