Liga Zon Sagres: Fabrício Simões marca no regresso da U. Leiria às vitórias

Últimas Notícias

Notícias Mais vistas

Sondagem

Após os primeiros jogos das competições nacionais e internacionais, quem está em melhor forma?

Um golo de Fabrício Simões, marcado aos 44 minutos, permitiu ao União de Leiria vencer esta noite o Nacional, em jogo da 19.ª jornada da Liga Zon Sagres.
Liga Zon Sagres: Fabrício Simões marca no regresso da U. Leiria às vitórias

Os leirienses, que não venciam na Liga Zon Sagres desde a 14.ª jornada, no terreno da Naval, por 3-0, conseguiram desta feita triunfar na Madeira e subiram ao quinto lugar da tabela classificativa, agora com 28 pontos.

Os madeirenses, por sua vez, perderam a oportunidade de igualar o Vitória de Guimarães na quarta posição e caíram para o sétimo lugar da tabela.

O conjunto insular entrou melhor no jogo que os leirienses, desperdiçando uma série de oportunidades para se colocarem na frente do marcador.

Logo aos 4 minutos, Diego Barcellos, assistido por Edgar Costa ficou isolado frente a Gottardi mas acabou por perder o equilíbrio, desperdiçando assim uma grande ocasião de golo.

Mais tarde, aos 17 minutos, Patacas cruzou na direita e Darko Bodul, que fez a sua estreia absoluta na Liga portuguesa, cabeceou ao lado.

Aos 26 minutos, o Nacional beneficiou de outra grande oportunidade, quando Zé António tirou de cabeça um cruzamento de Skolnik, com a bola a sobrar para Luís Alberto que rematou de primeira para a defesa apertada de Gottardi

Oito minutos volvidos, os “alvi negros” voltaram a desperdiçar uma grande ocasião, quando Danielson desferiu um potente remate para uma grande defesa do guarda-redes leiriense.

Contudo, na primeira vez que os avançados do União de Leiria chegaram junto da baliza adversária com perigo, o golo aconteceu: Leandro Lima meteu na esquerda para Fabrício e o avançado ficou só frente a Rafael Bracalli, batendo o guarda redes do Nacional.

A segunda parte, mais monótona que a primeira, mostrou um Nacional ofensivamente pouco inspirado e um Leiria mais ousado e confiante, por força do golo marcado.

Aos 78 minutos, os visitantes poderiam ter feito o segundo golo, num contra-ataque conduzido e finalizado por N'Gal, com a bola a sair ao lado da baliza do Nacional.

O Nacional deu um ar da sua graça, aos 88 minutos, num lance individual de Mateus a terminar com um remate ao lado.

Pouco depois, já sobre o minuto 90, Pateiro isolou-se e quando tudo indicava que faria o golo, atirou fraco, à figura de Rafael Bracali.

Siga-nos no Facebook, no Twitter, no Instagram e no Youtube.

Relacionadas

Pode gostar de ler

Na Primeira Página