Caro visitante,

Reparámos que tem um Ad Blocker (software de bloqueio de publicidade) ativo.

A informação tem valor. O Futebol 365 disponibiliza todos os seus conteúdos de forma gratuita e de livre acesso. Os anúncios ajudam-nos a pagar a informação que consulta todos os dias. Considere apoiar este projeto desligando o seu Ad Blocker apenas para o Futebol 365.

Esperamos a sua compreensão.

Obrigado.
Futebol 365
V. Guimarães: Presidente fala sobre protocolo com Hospital da cidade
por Rogério Dias c/Lusa, publicado a 18-08-2017 às 16:07
O presidente do Vitória de Guimarães, Júlio Mendes, defendeu hoje que o protocolo com o Hospital Senhora da Oliveira, para prestação de cuidados aos futebolistas, mostra que os clubes podem encontrar 'qualidade' no Serviço Nacional de Saúde.

O dirigente do clube da I Liga portuguesa de futebol selou hoje o acordo com o presidente do Conselho de Administração da unidade de saúde vimaranense, Delfim Rodrigues, no Estádio D. Afonso Henriques, e lembrou que o Vitória obteve sempre 'uma resposta pronta de muita qualidade' por parte do hospital, que 'normalmente não é esperada de um serviço público' e que se adequa às necessidades do clube.

«Os clubes acham que estão acima do normal e entendem que têm de ter o topo da qualidade e serviços privados. Nós achámos que essa qualidade existe no hospital de Guimarães. Já constatámos isso, porque conhecemos pessoalmente os técnicos e os médicos, e confiamos em absoluto na sua competência», reiterou.

O presidente vitoriano revelou ainda que o protocolo, que contempla, segundo o comunicado do Hospital Senhora da Oliveira, 'exames de diagnóstico', 'atos cirúrgicos' e 'consultas de especialidade' aos jogadores, resultou de um ano de trabalho, que envolveu a resolução de 'questões complexas' na 'organização' da unidade de saúde.

Já o responsável pelo Hospital Senhora da Oliveira afirmou que o acordo vai ser uma 'mais-valia' em termos de 'dados' para 'investigação', 'publicação' e 'partilha' e mostra 'a vitalidade do Serviço Nacional de Saúde', tendo ainda dito que o Centro de Medicina Desportiva pode avançar dentro de 'três, quatro anos'.

Questionado sobre a possibilidade de o tratamento dos futebolistas interferir com os cuidados prestados ao cidadão comum, Delfim Rodrigues esclareceu que os jogadores vão ser tratados fora do 'horário normal de trabalho', com a 'livre adesão dos profissionais que assim entenderem'.

Siga-nos no Facebook, no Google+ e no Twitter.
Notícias Relacionadas
Comentários
JOGOS E RESULTADOS
loading
A carregar...
F365 NO FACEBOOK
SONDAGEM
Quem está a fazer um melhor arranque na Primeira Liga?
FORA DE JOGO
Autárquicas: Liga quer reduzir impacto de jogos de futebol na abstenção
Autárquicas: Liga quer reduzir impacto de jogos de futebol na abstençãoA Liga Portuguesa de Futebol Profissional (LPFP) lançou hoje a campanha 'Democrata e Adepto', tendo ...
Futebol na Televisão: Os jogos que pode ver durante esta semana
Futebol na Televisão: Os jogos que pode ver durante esta semanaConfira a lista dos jogos que poderá acompanhar em direto, durante esta semana, nos canais ...
PSG: Parisienses venderam 120 mil camisolas de Neymar no último mês
PSG: Parisienses venderam 120 mil camisolas de Neymar no último mêsFoi uma das transferências mais faladas do último mercado, não só pelo valor pago pelo ...
Árbitros de futebol deixam redes sociais na Internet
Árbitros de futebol deixam redes sociais na InternetOs árbitros do primeiro escalão do futebol vão deixar as redes sociais, por decisão dos ...
© 1997-2017 Futebol 365
Todos os direitos reservados