Caro visitante,

Reparámos que tem um Ad Blocker (software de bloqueio de publicidade) ativo.

A informação tem valor. O Futebol 365 disponibiliza todos os seus conteúdos de forma gratuita e de livre acesso. Os anúncios ajudam-nos a pagar a informação que consulta todos os dias. Considere apoiar este projeto desligando o seu Ad Blocker apenas para o Futebol 365.

Esperamos a sua compreensão.

Obrigado.
Futebol 365
Crónica: Coates ligou o ‘motor’ e Montero ‘conduziu’ Sporting até ao Jamor
por Manuel Resendes c/Lusa, publicado a 18-04-2018 às 23:58
O Sporting apurou-se hoje para a final da Taça de Portugal de futebol, ao vencer o FC Porto no desempate por grandes penalidades (5-4), após Coates ter anulado a vantagem que os 'dragões' traziam da primeira mão.

O tento do central uruguaio, aos 84 minutos, anulou a vantagem que os portistas traziam da primeira mão da meia-final (1-0), levando o jogo para prolongamento e, posteriormente, para a decisão por penáltis.

Tal como tinha acontecido nas 'meias' da Taça da Liga, os 'leões' foram mais eficazes na marca dos 11 metros, com Montero, que tinha entrado aos 76 minutos, a converter o quinto e decisivo pontapé 'leonino', depois de Iván Marcano ter acertado no poste na primeira conversão.

O Sporting regressa ao Jamor três anos volvidos sobre a última conquista da prova 'rainha' e terá pela frente o estreante Desportivo das Aves, que hoje eliminou o Caldas, no prolongamento.

Confirmada a disponibilidade de Piccini (aguentou perto de 70 minutos) e Mathieu, que recuperaram de lesão, Jorge Jesus pôde apresentar de início o quarteto defensivo mais vezes utilizado esta época, abdicando de Ristovski e André Pinto, que tinham alinhado frente ao Belenenses (4-3).

Também Sérgio Conceição operou duas alterações relativamente ao 'clássico' com o Benfica (1-0), lançando Maxi Pereira e Óliver para os lugares de Sérgio Oliveira e Marega, ficando Otávio encarregue de apoiar Soares, autor do golo que decidiu a primeira mão.

À semelhança dos anteriores encontros desta temporada, particularmente dos três primeiros, 'leões' e 'dragões' disputaram cada lance como se fosse o último, o que levou o jogo para a vertente mais física, com muitos duelos (39 faltas no total), bola no ar e pouco esclarecimento, dada a pressão intensa que era exercida por ambas as formações.

Apesar de ter tentado assumir as rédeas, o Sporting tinha dificuldades para superar a 'teia' montada por Sérgio Conceição. A quase total ausência de ocasiões era a prova do 'bloqueio' que se verificava nas quatro linhas, tendo Bruno Fernandes tentado a sorte de meia distância, mas sem sucesso.

Ainda assim, foram os portistas a construir a primeira oportunidade de realce, quando Otávio surgiu à entrada da área e assustou os adeptos 'leoninos', com um remate que tirou 'tinta' ao poste da baliza de Rui Patrício.

Se as combinações com bola tinham pouca sequência, iam valendo às duas equipas as iniciativas esporádicas das suas principais individualidades, de forma a ultrapassar as 'barreiras' que estavam erguidas.

Gelson e Brahimi queriam mostrar que tinham a 'chave' da 'fortuna', sendo que, perto do intervalo, o internacional português trocou as 'voltas' a Alex Telles, mas o passe 'letal' não teve sequência dentro da área 'azul e branca'.

Depois de ter privilegiado a organização defensiva no primeiro tempo, para sair em transição, os 'dragões' não alteraram o registo na etapa complementar e, numa dessas situações, Soares tentou desfazer a indefinição na eliminatória, mas viu Mathieu, a meias com Coates, anular-lhe as intenções.

Em vantagem na eliminatória e, talvez, à espera da quebra física do Sporting, Sérgio Conceição tirou Otávio e lançou Sérgio Oliveira para segurar o 'miolo', enquanto Jesus tirou Fábio Coentrão e juntou Montero a Bas Dost.

O 'balão' sportinguista, alicerçado num Battaglia 'omnipresente', parecia inesgotável e, a seis minutos do final, o Sporting chegou mesmo à vantagem e igualou a eliminatória: Bruno Fernandes cobrou o canto e, depois de alguns ressaltos, Coates aproveitou a bola perdida e bateu Casillas.

A resposta 'azul e branca' foi imediata e deixou as hostes 'leoninas' em suspenso, mas a posição irregular de Felipe não só invalidou o golo a Reyes, como levou o jogo para prolongamento, no qual nem Gelson Martins nem Bruno Fernandes conseguiram desfeitear Casillas, quando tinham todas as condições para o fazer.

O desempate por grandes penalidades era cada vez mais uma realidade e Brahimi confirmou isso mesmo nos últimos segundos do tempo de compensação, ao falhar o alvo e o golo que daria a passagem ao FC Porto.

Programa da jornada:

Quarta-feira, 7 de Fevereiro de 2018
FC Porto - Sporting, 1 - 0

Quarta-feira, 28 de Fevereiro de 2018
Desp. Aves - Caldas, 1 - 0

Quarta-feira, 18 de Abril de 2018
Caldas - Desp. Aves, 1 - 2 a.p
Sporting - FC Porto, 5 - 4 g.p

Siga-nos no Facebook, no Google+ e no Twitter.
Notícias Relacionadas
Comentários
JOGOS E RESULTADOS
loading
A carregar...
F365 NO FACEBOOK
SONDAGEM
Quem melhor se está a reforçar para a época 2018-2019?
FORA DE JOGO
Itália: Adeptos do Génova falham visita ao AC Milan em memória das vítimas
Itália: Adeptos do Génova falham visita ao AC Milan em memória das vítimasOs adeptos do Génova anunciaram hoje que vão deixar vazio o espaço a eles destinado ...
Aprovado estudo prévio de campos de treino para o Beira-Mar orçados em 2,5 ME
Aprovado estudo prévio de campos de treino para o Beira-Mar orçados em 2,5 MEA Câmara de Aveiro aprovou o estudo prévio do projeto do Complexo de Campos de ...
Itália: Guarda-redes do Legino escapa ileso à queda da ponte em Génova
Itália: Guarda-redes do Legino escapa ileso à queda da ponte em GénovaDavide Capello, guarda-redes do Legino 1910, sobreviveu esta terça-feira à queda parcial da Ponte Morandi, ...
Euromilhões: Sexta-feira há um 'jackpot' de 99 milhões de euros
Euromilhões: Sexta-feira há um 'jackpot' de 99 milhões de eurosNão houve totalistas no sorteio do Euromilhões desta terça-feira, pelo que, na próxima sexta-feira estará ...
© 1997-2018 Futebol 365
Todos os direitos reservados