loading

Nota: Caro visitante, o acesso à informação do nosso site é gratuita e de livre acesso. Tal só é possível exibindo anúncios a quem nos visita. Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios.

Rali de Portugal: Acidente de Robert Kubica encurta a quarta classificativa

Últimas Notícias

Notícias Mais vistas

Facebook

Outras Notícias

Sondagem

Quem precisa de mais reforços para a próxima época?

Um despiste do piloto polaco Robert Kubica (Ford Fiesta RS WRC), que perdeu uma roda e deixou o carro imobilizado no meio da estrada, interrompeu hoje a quarta classificativa do Rali de Portugal, disputada em Almodôvar.
Rali de Portugal: Acidente de Robert Kubica encurta a quarta classificativa

Kubica, antigo piloto de Fórmula 1, despistou o seu Ford Fiesta a cerca de 10 quilómetros do final da especial (um total de 26,48 quilómetros), perdeu uma roda e deixou o carro parado no meio da estrada, num troço estreito.

Como os carros que o seguiam não conseguiram passar, o tempo marcado pelo último piloto conseguir fazê-lo em condições normais antes do acidente (Nicolas Fuchs, Ford Fiesta R5), 23.33,6 minutos, a 7.01,8 minutos do primeiro, será contabilizado a todos os pilotos que o seguiram, informou uma fonte da organização da prova.

Além de Kubica, também o britânico Elfyn Evans saiu de estrada e capotou o seu Ford Fiesta RS WRC, o que levou ao abandono da prova.

As dificuldades que as equipas sentiram no reconhecimento (dias antes do início do rali) na quarta especial, de Almodôvar, ficaram bem demonstradas na especial de hoje, com alguns pilotos a darem conta que simplesmente quase ignoraram as indicações dadas pelos seus navegadores.

"As notas [sobre a estrada] estavam tão más que eu quase deixei de as ouvir. Abrandei imenso, mas quando se levanta o pé do acelerador o carro fica nervoso", contou o britânico Kris Meeke (Citroen DS3 WRC).

A quarta classificativa foi ganha pelo finlandês Jari-Matti Latvala (Volkswagen Polo-R WRC) em 16.31,8 minutos, um tempo 7,1 segundos mais rápido do que campeão do Mundo Sebastien Ogier (Volkswagen Polo-R WRC), que assim recuperou a liderança do Rali, perdida na terceira especial para o espanhol Dani Sordo (Hyundai i20 WRC).

O terceiro lugar da classificativa foi para o Ford Fiesta RS WRC do finlandês Mikko Hirvonen, a 7,5 segundos do mais rápido. Mads Ostberg (Citroen DS3 WRC) ficou no quarto lugar (a 9,1 segundos) e Ott Tanak (Ford Fiesta RS WRC) no quinto, a 13,2 do líder.

Siga-nos no Facebook e no Twitter.

Relacionadas

Comentários

Na Primeira Página

Pode gostar de ler