loading

Nota: Caro visitante, o acesso à informação do nosso site é gratuita e de livre acesso. Tal só é possível exibindo anúncios a quem nos visita. Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios.

Notícias breves de Portugal

Últimas Notícias

Notícias Mais vistas

Facebook

Outras Notícias

Sondagem

Até onde o Benfica vai chegar este ano na Liga Europa?

Notícias breves da região Norte de Portugal.
Notícias breves de Portugal

Livro do jornalista Aurélio Cunha apresentado no sábado na biblioteca Almeida Garrett

“Um repórter inconveniente – Bastidores do jornalismo de investigação” é o nome do primeiro livro do jornalista Aurélio Cunha, que será apresentado no sábado na biblioteca Almeida Garrett, no Porto.

A obra “é a história real de um jornalista que, para o ser, tal como a sua consciência profissional o exigia, teve de recorrer à clandestinidade dentro do seu próprio jornal – Jornal de Notícias”.

O livro será apresentado por Paulo de Morais e Ricardo Jorge Pinto, cabendo ao escritor e jornalista Germano Silva falar sobre o autor.

A obra integra a coleção Bíos da Chiado Editora e tem um preço de capa de 15 euros.

Serviço Educativo da Casa das Artes promove quinzenalmente atividades para crianças

A Casa das Artes, no Porto, anunciou hoje a realização de ateliers de quinze em quinze dias dirigidos a crianças entre os quatro e os 12 anos, no âmbito do arranque do seu serviço educativo.

“As diferentes oficinas têm como objetivo motivar a curiosidade, a observação e a experimentação de um conjunto de técnicas e expressões plásticas que, apesar de seguirem uma linha orientadora comum, pretendem respeitar o espaço e o sabor de cada”, refere a Casa das Artes.

Já no próximo fim de semana, no âmbito do Carnaval, a Casa das Artes propõe uma oficina de realização de máscaras feitas e decoradas com chocolate.

Para o dia 28 está prevista a construção de figuras em tecido, pinturas e colagens, e para o dia 14 de março uma caça ao tesouro.

As inscrições podem ser feitas através do email [email protected]

Feira de Sabores Mirandeses premeia "qualidade e originalidade"

A Feira dos Sabores Mirandeses, que decorre em Miranda do Douro, distrito de Bragança, de 13 a 16 de fevereiro pretende ser um certame destinado a "premiar" os produtores locais que apostam na "qualidade e originalidade" dos produtos, disse o presidente da Câmara.

"Ao longo dos anos em que decorre a feira dos Sabores Mirandeses quisemos premiar a qualidade. Trata-se de um certame onde estão, apenas, expostos produtos da Terra de Miranda", afirmou à Lusa o autarca Artur Nunes.

O certame, que este ano junta cerca de uma centena de produtores do planalto mirandês, é tido como um veículo promotor dos produtos de com Denominação de Origem Protegida da região (DOP) e das carnes provenientes das raças autóctones, como o cordeiro mirandês, ou a carne de bovino de raça mirandesa.

Pela primeira vez, a feira vai contar com "tasquinhas" que vão permitir a degustação de produtos feitos a partir de carnes das raças autóctones [bovino e ovino]. Há ainda espaço no festival para a língua e cultura mirandesa onde não faltaram as danças dos pauliteiros, ou uma conversa em mirandês, que é segunda língua oficial em Portugal.

Foliões portugueses e galegos juntam-se na segunda-feira de carnaval

A noite de segunda-feira de carnaval, 16 de fevereiro, vai juntar, no centro histórico de Monção grupos de mascarados vindos de diferentes freguesias e concelhos vizinhos de Portugal e Espanha, foi hoje anunciado pela Câmara local.

Este ano, numa organização conjunta da Câmara Municipal de Monção e da Associação Comercial e Industrial dos Concelhos de Monção e Melgaço, está previsto um programa que inclui um desfile de grupos de mascarados entre o campo da feira e a Praça Deu-la-Deu.

Haverá ainda um concurso de ‘karaoke’ apresentado por Hermandepé e Teresakebebe, e animação musical com o grupo “Doces Minhotas”.

Câmara constrói campo de futebol orçado em mais de 600 mil euros

A Câmara de Caminha anunciou, hoje, a construção de um campo de futebol na freguesia de Lanhelas, num investimento de 652 mil euros, cofinanciado em 85% pelo programa FEDER, sendo o restante suportado pelo município.

Segundo aquela autarquia, o contrato de financiamento para a construção do campo de futebol de Lanhelas foi aprovado pela Comissão Diretiva do Programa Operacional Regional do Norte (ON2.

De acordo com a Câmara aquela obra, que “arrancará em breve”, vai permitir dotar as freguesias mais a norte do concelho com um equipamento desportivo de qualidade.

O projeto prevê a colocação de piso sintético, a construção de balneários e a preparação de área para bancadas.

Siga-nos no Facebook, no Google+ e no Twitter.

Relacionadas

Comentários

Na Primeira Página

Pode gostar de ler