loading

Nota: Caro visitante, o acesso à informação do nosso site é gratuita e de livre acesso. Tal só é possível exibindo anúncios a quem nos visita. Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios.

Síntese: Sporting «imita» rivais diretos e também não cede pontos

Últimas Notícias

Notícias Mais vistas

Facebook

Outras Notícias

Sondagem

Até onde o Benfica vai chegar este ano na Liga Europa?

O Sporting, que hoje entrou em campo conhecedor da vitória dos rivais na jornada, também não perdeu pontos na 18.ª ronda da I Liga portuguesa, impondo-se em casa ao Moreirense, por 2-1.
Síntese: Sporting «imita» rivais diretos e também não cede pontos

Em termos da luta na frente da tabela, tudo fica igual após este fim de semana, com o FC Porto a liderar no arranque da segunda volta, com 46 pontos, mais cinco do que o Benfica, seis do que o Sporting de Braga e oito do que o Sporting.

Do grupo de equipas que vinha imediatamente a seguir, Vitória de Guimarães (com o Benfica) e Moreirense perderam, pelo que o 2-2 do Belenenses com o Tondela acabou por isolar os 'azuis', agora com 29 pontos, contra 28 dos outros dois emblemas.

Na luta pelo quinto lugar da prova, que quase por certo vale a ida à Liga Europa - os quatro primeiros são semifinalistas da Taça - pode intrometer-se já o Portimonense, que tem 24 pontos e joga domingo na casa do Boavista.

Tal como se esperava, não foi fácil a missão ‘leonina’ em Alvalade, mas os primeiros sinais apontavam para uma vitória clara, talvez robusta mesmo, já que os 'leões' chegaram ao 2-0 aos 26 minutos.

Primeiro foi Nani, de cabeça após canto de Acuña, aos três minutos, e depois Bruno Fernandes, aos 26, numa recarga após remate forte Ristovski, a darem ao jogo uma imagem de 'decidido'. Depois, aos falhanços do ataque do Sporting juntou-se o golo moreirense, de Heriberto, aos 34 minutos.

A diferença mínima lançou a incerteza até ao fim, com a equipa da casa a controlar a vantagem, enquanto o Moreirense não teve 'arte' para chegar ao segundo golo.

Mais cedo, no Jamor, o Belenenses foi surpreendido pelo Tondela, uma equipa do meio da tabela (13.º) e ficou-se pelo ponto conquistado, quando nas suas naturais expectativas estava a vitória.

Henrique marcou os dois golos belenenses, aos 02 e 48 minutos, abrindo e fechando o marcador no Estádio Nacional, enquanto Bruno Monteiro (33) e Tomané (45+2) fizeram os tentos do Tondela, num encontro em que Fredy, aos 81 minutos, desperdiçou uma grande penalidade favorável ao Belenenses

A fechar o dia, jogou-se no estádio de São Miguel, em Ponta Delgada, com o Marítimo a ir 'arrancar' uma vitória preciosa, por 1-0, no reduto do Santa Clara, impondo aos açorianos a sétima derrota seguida em casa - seis no campeonato e uma na Taça de Portugal.

Joel, aos 23 minutos, fez o único golo na partida, que permite aos madeirenses subir ao 11.º lugar, com 20 pontos, após três vitórias seguidas. Já o Santa Clara 'marca passo' em nono, com 21 pontos.

A jornada encerra no domingo com Boavista-Portimonense, Rio Ave-Feirense e Aves-Vitória de Setúbal.

Siga-nos no Facebook, no Google+ e no Twitter.

Relacionadas

Comentários

Na Primeira Página

Pode gostar de ler