loading

Nota: Caro visitante, o acesso à informação do nosso site é gratuita e de livre acesso. Tal só é possível exibindo anúncios a quem nos visita. Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios.

Red Bull Cliff Diving regressa aos Açores com saltos em Vila Franca do Campo

Últimas Notícias

Notícias Mais vistas

Facebook

Outras Notícias

Sondagem

Quem tem o adversário mais acessível nas competições europeias?

A prova 'Red Bull Cliff Diving World Series' vai voltar aos Açores na sua edição de 2019, em 21 e 22 de junho, tendo novamente como palco o ilhéu de Vila Franca do Campo, foi hoje anunciado.
Red Bull Cliff Diving regressa aos Açores com saltos em Vila Franca do Campo

Este é o oitavo ano consecutivo em que a prova conhece uma extensão à ilha de São Miguel, segundo uma nota de imprensa da organização do evento, que considera que a “principal marca diferenciadora” da competição portuguesa “reside no facto de só nesta etapa os atletas terem a oportunidade de saltar diretamente das rochas, numa clara evocação às origens da modalidade nascida há mais de 200 anos no Havai”.

A prova de saltos para a água atinge em 2019 o marco de uma década, sendo que a etapa açoriana “continua firme no calendário" e "é mesmo em 2019 a mais antiga do circuito”.

Na edição deste ano da prova vão estar ausentes do quadro permanente duas "lendas" da modalidade: o colombiano Orlando Duque e a norte-americana Ginger Huber, sendo que estes dois veteranos terão, contudo, a oportunidade de regressar, uma vez que receberam o estatuto de ‘wildcards’ em algumas etapas.

O título será defendido pelo britânico Gary Hunt e pela australiana Rhiannan Iffland, com masculinos e femininos a disputarem juntos pela primeira vez todas as etapas.

Entre setembro e abril, o circuito mundial da modalidade realiza-se também em Polignano a Mare, na Itália, Mostar, na Bósnia e Herzegovina, e em Bilbau, em Espanha, contando ainda com três novas localizações.

"O circuito mundial começa mais cedo e a estreia dá-se em abril numa nova localização: El Nido, na região de Palawan, Filipinas. Do oriente para a Europa, a Irlanda continua no mapa da competição, mas desta vez o ‘covil da serpente’ dá lugar à estreia de Dublin […]. Os melhores saltadores do planeta vão aventurar-se pela primeira vez nas escarpas Raouché, nos arredores de Beirute (Líbano)", lê-se na nota.

Siga-nos no Facebook, no Google+ e no Twitter.

Relacionadas

Comentários

Na Primeira Página

Pode gostar de ler