loading

Nota: Caro visitante, o acesso à informação do nosso site é gratuita e de livre acesso. Tal só é possível exibindo anúncios a quem nos visita. Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios.

Síntese: FC Porto consolida liderança da I Liga e pressiona rivais

Últimas Notícias

Notícias Mais vistas

Facebook

Outras Notícias

Sondagem

Quem tem o calendário mais difícil até final da temporada?

O FC Porto venceu hoje em casa o Vitória de Setúbal por 2-0, na 22.ª jornada da I Liga portuguesa de futebol, e consolidou a liderança do campeonato, pressionando os rivais na luta pelo título.
Síntese: FC Porto consolida liderança da I Liga e pressiona rivais

O mexicano Héctor Herrera abriu o marcador aos 15 minutos, antes de o brasileiro Soares fixar o resultado aos 65, numa vitória tranquila para os campeões nacionais, que recuperaram de dois empates seguidos no campeonato, contra Vitória de Guimarães (0-0) e Moreirense (1-1), ambos fora de casa.

No regresso ao Dragão, depois da derrota por 2-1 em Roma, para a primeira mão dos oitavos de final da Liga dos Campeões, os ‘dragões’ não facilitaram e ainda beneficiaram da expulsão do brasileiro Éber Bessa, aos 54 minutos, impondo ao Vitória de Setúbal o 60.º jogo caseiro sem vencer no confronto direto entre os dois emblemas.

Os portistas consolidaram a liderança da liga, agora com 54 pontos, mais quatro do que o Benfica, segundo classificado, que fecha a jornada na segunda-feira, em casa do Desportivo das Aves, já depois do Sporting de Braga, terceiro, jogar no reduto do Sporting, quarto, no domingo.

Quanto aos sadinos, este foi o 11.º jogo sem vencer na prova, com a equipa orientada por Sandro Mendes, que ao quarto jogo no comando da equipa ainda não conseguiu triunfar, a seguir em 13.º, com 22 pontos.

O Vitória de Guimarães também voltou às vitórias, frente ao Portimonense, graças aos golos do brasileiro Mattheus Oliveira, aos 40 minutos, e de Alexandre Guedes, aos 73, sendo que os minhotos não venciam para a I Liga por mais do que um golo de diferença desde 11 de novembro de 2018, frente ao Santa Clara (2-0).

Os tentos de Mattheus e Guedes foram os primeiros golos dos vimaranenses em 2019 que não foram apontados por Tozé, que tinha marcado os três tentos neste ano para a equipa de Luís Castro.

Com este resultado, o Vitória igualou o Moreirense no quinto lugar, com 35 pontos, ainda que a equipa de Moreira de Cónegos só jogue no domingo, em casa frente ao Tondela, enquanto o Portimonense segue em 10.º lugar, com 27, e somou o quarto desaire consecutivo.

Depois da goleada por 10-0 sofrida às mãos do Benfica, o Nacional recuperou hoje e goleou o lanterna-vermelha Feirense por 4-0, pondo fim a uma série de seis jogos consecutivos sem vencer.

No Funchal, a ‘ressaca’ da goleada na Luz foi suave, principalmente, devido à ação do ‘reforço’ uzbeque Sardor Radhidov, ex-Lokomotiv Tashkent, que fez um ‘hat-trick’ aos 12, 54 e 67 minutos, antes de o hondurenho Bryan Róchez completar o marcador, aos 80.

Os madeirenses subiram provisoriamente ao 12.º posto, com 23 pontos, enquanto o Feirense é cada vez mais último, com 14 pontos, já sete abaixo da ‘linha de água’, continuando sem vencer um jogo na I Liga desde 20 de agosto de 2018, quando bateu o Vitória de Guimarães por 1-0.

No domingo, o Belenenses recebe o 'aflito' Marítimo pelas 15:00, à mesma hora em que o Moreirense procura voltar a ‘descolar’ do Vitória de Guimarães no quinto posto, antes de o Desportivo de Chaves e o Boavista se defrontarem, com o 17.º e penúltimo a procurar vencer para sair dos lugares de descida, antes do ‘jogo grande’ da jornada, o Sporting-Sporting de Braga.

Siga-nos no Facebook e no Twitter.

Relacionadas

Comentários

Na Primeira Página

Pode gostar de ler