loading

Nota: Caro visitante, o acesso à informação do nosso site é gratuita e de livre acesso. Tal só é possível exibindo anúncios a quem nos visita. Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios.

Diogo Queirós acredita que coesão defensiva pode ser segredo para bater a Holanda

Últimas Notícias

Notícias Mais vistas

Facebook

Outras Notícias

Sondagem

Acha que Silas é uma boa opção para o Sporting?

O defesa central Diogo Queirós disse hoje que a seleção portuguesa de sub-21 está a preparar bem o jogo com a Holanda da fase de qualificação para o Europeu de 2021, apontando a vitória como objetivo.
Diogo Queirós acredita que coesão defensiva pode ser segredo para bater a Holanda

“Teoricamente, a Holanda é a seleção com mais nome, vamos aproveitar até ao jogo para analisar bem o adversário e ter o melhor desempenho possível”, disse o defesa português.

Sobre a tática para bater os holandeses, na sexta-feira, Diogo Queirós não quis alongar-se em detalhes, afirmou que a equipa ainda não analisou o adversário, mas assumiu que manter a baliza portuguesa a zero pode ser o segredo para um resultado positivo.

“Temos trabalhado bastante a coesão defensiva e o que cada um tem de fazer no processo defensivo. Além de atacar bem, temos de defender bem, porque nos deixa mais próximos de um resultado positivo. Queremos ganhar e vamos estar 100% preparados para dar o nosso melhor”, considerou Diogo Queirós.

O capitão da seleção lusa assumiu que jogar desde os sub-17 com muitos dos companheiros é “uma ajuda dentro e fora do campo”, e sobre a experiência na Bélgica, onde está a atuar com a camisola do Mouscron, revelou que foi a decisão acertada.

“Fiz a escolha certa porque o que pretendia este ano era ter minutos. Mas é sempre bom voltar à seleção e dar o meu contributo”, terminou o defesa.

Portugal joga o terceiro encontro do Grupo G da fase de qualificação para o Europeu de 2021 da categoria diante da Holanda, na sexta-feira, em Doetinchem, pelas 18:30 locais (17:30 em Lisboa).

A equipa treinada por Rui Jorge ocupa o primeiro lugar do agrupamento, com seis pontos, seguido das seleções de Bielorrússia, Holanda, Noruega e Chipre, todas com três, enquanto Gibraltar é última sem qualquer ponto.

Apuram-se para o Europeu todos os vencedores dos nove grupos e o melhor segundo entre todos, sendo que os restantes vice-líderes vão disputar os ‘play-offs’ para ocupar as últimas quatro vagas na fase final.

Siga-nos no Facebook e no Twitter.

Relacionadas

Na Primeira Página

Pode gostar de ler