loading

Nota: Caro visitante, o acesso à informação do nosso site é gratuita e de livre acesso. Tal só é possível exibindo anúncios a quem nos visita. Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios.

Crónica: Sporting de Braga domina em ‘toda a linha’ e vence em Guimarães

Últimas Notícias

Notícias Mais vistas

Facebook

Outras Notícias

Sondagem

Frederico Varandas deve pedir a demissão de presidente do Sporting?

O Sporting de Braga regressou hoje aos triunfos na I Liga portuguesa de futebol, ao bater o Vitória de Guimarães por 2-0, num encontro da 11.ª jornada em que foi claramente melhor durante os 90 minutos.
Crónica: Sporting de Braga domina em ‘toda a linha’ e vence em Guimarães

Após dois jogos sem vitórias, os ‘arsenalistas' triunfaram de forma concludente na ‘casa' do rival minhoto com golos de Paulinho (24 minutos) e de Galeno (71), que materializaram o domínio de uma equipa que ‘manietou' a ação ofensiva adversária, que ganhou quase todas as bolas divididas no meio-campo e foi várias vezes perigosa no ataque.

Com o seu quarto triunfo em Guimarães nas últimas cinco épocas, o Sporting de Braga ascendeu ao nono lugar, com 15 pontos, menos um do que o Vitória de Guimarães, ainda quinto classificado.

Com Florent, Al Musrati e Denis Poha a surgirem como ‘novidades' face ao ‘onze' do empate com os ingleses do Arsenal, para a Liga Europa (1-1), a turma vitoriana dispôs da primeira situação de perigo, a sua única no desafio, aos dois minutos, quando Tapsoba apareceu solto na área contrária após canto, mas cabeceou ao lado.

A formação bracarense, precisamente a mesma que alinhou no triunfo caseiro sobre os turcos do Besiktas (3-1), para a mesma prova europeia, demorou pouco a responder, num lance parecido, em que Paulinho cabeceou ao lado em posição frontal à baliza, e assumiu doravante as ‘rédeas' da partida.

Pressionante sobre o adversário na hora de defender e rápida na hora de atacar, com tabelas precisas, a equipa treinada por Ricardo Sá Pinto ganhou claramente a ‘batalha' do meio-campo e apareceu várias vezes com perigo junto à área até ‘inaugurar o marcador'.

Depois de Ricardo Horta ter permitido a defesa a Douglas numa ‘emenda’ aparentemente fácil para a baliza, após passe de Galeno, aos 10 minutos, os bracarenses continuaram mais confortáveis sobre o relvado e Paulinho, que já antes falhara, não ‘perdoou' num remate em zona frontal, já no interior da área, assistido por Esgaio.

Em vantagem, os ‘arsenalistas' recuaram no terreno e começaram a jogar na expetativa, mas fizeram-no bem até ao intervalo, ‘cortando' várias linhas de passe aos vimaranenses, cujo ataque se resumiu aos esforços de Victor Garcia, que saiu lesionado ao intervalo para o lugar de Rochinha, e de Marcus Edwards pela ala direita.

A equipa treinada por Ivo Vieira tentou assumir o jogo na segunda parte, mas fê-lo sempre de forma atabalhoada, característica que se revelou fatal para o segundo golo sofrido: depois de três bolas perdidas a tentar sair a jogar na defesa, a bola sobrou para Galeno, que, à entrada da área, atirou rasteiro e cruzado para um golo em que Douglas foi mal batido, aos 71.

Nos 20 minutos finais, os vimaranenses instalaram-se no meio-campo contrário, mas sem conseguir ‘furar' a retaguarda bracarense, comandada por dois centrais, Bruno Viana e Wallace, que ‘cortaram’ os muitos cruzamentos enviados para a área.

Programa da jornada:

Sexta-feira, 8 de Novembro de 2019
Desp. Aves - Gil Vicente, 1 - 2

Sábado, 9 de Novembro de 2019
Rio Ave - V. Setúbal, 1 - 0
Santa Clara - Benfica, 1 - 2
Famalicão - Moreirense, 3 - 3

Domingo, 10 de Novembro de 2019
Paços Ferreira - Tondela, 1 - 0
Marítimo - Portimonense, 1 - 1
Sporting - Belenenses SAD, 2 - 0
V. Guimarães - Sp. Braga, 0 - 2
Boavista - FC Porto, 0 - 1

Siga-nos no Facebook e no Twitter.

Relacionadas

Na Primeira Página

Pode gostar de ler