loading

Nota: Caro visitante, o acesso à informação do nosso site é gratuita e de livre acesso. Tal só é possível exibindo anúncios a quem nos visita. Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios.

«Predisponho-me a ir para a frente da SAD do Sporting, com Varandas a presidente»

Últimas Notícias

Notícias Mais vistas

Outras Notícias

Sondagem

Com a vitória do FC Porto frente ao Benfica o campeonato está relançado?

Bruno de Carvalho mostrou-se esta sexta-feira disponível para assumir a liderança da SAD do Sporting, afirmando ainda que aceitaria trabalhar juntamente com Frederico Varandas.
«Predisponho-me a ir para a frente da SAD do Sporting, com Varandas a presidente»

No seu comentário semanal na Rádio Estádio, o antigo presidente do Sporting mostrou-se preocupado com a situação atual que o clube de Alvalade vive e disse que está disposto a contribuir «gratuitamente».

«Quero o Sporting estável, a ganhar, a desenvolver-se. Por isso, predisponho-me a ir para a frente da SAD do Sporting, com o Frederico Varandas na presidência do clube. Não quero carros, não quero dinheiro, nada. A não ser quando o Sporting for campeão nacional de futebol. Aí quero receber com retroativos, mas só quando formos campeões nacionais de futebol masculino. Predisponho-me gratuitamente», afirmou.

Bruno de Carvalho fez questão ainda de recordar a situação conturbada em que assumiu a presidência dos 'leões' na época 2012/2013.

«Não interessa se fui expulso ou não. Não coloco condição nenhuma. Já não consigo mais ver esta destruição, esta autêntica guerra civil. Amo muito este clube e não consigo continuar a fingir que estou alheado. Peguei num clube que estava no 12.º lugar, afogado em dívidas, que não pagava salários há três meses, com jogadores a lutar no balneário. No ano seguinte, com um orçamento de 25 milhões, ficámos em segundo, lutámos pelo título e fomos à Liga dos Campeões», sublinhou.

Siga-nos no Facebook e no Twitter.

Relacionadas

Na Primeira Página

Pode gostar de ler