loading

Nota: Caro visitante, o acesso à informação do nosso site é gratuita e de livre acesso. Tal só é possível exibindo anúncios a quem nos visita. Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios.

Sporting: Ministério Público pede absolvição de Bruno de Carvalho e Mustafá

Últimas Notícias

Notícias Mais vistas

Sondagem

Acha que Rúben Amorim é o homem certo para treinar a equipa do Sporting?

O Ministério Público pediu hoje a absolvição de Bruno de Carvalho, antigo presidente do Sporting, Nuno Mendes ‘Mustafá’ e Bruno Jacinto, acusados da autoria moral da invasão à Academia do Sporting, em Alcochete.
Sporting: Ministério Público pede absolvição de Bruno de Carvalho e Mustafá

O antigo presidente do clube, o líder da claque e o Oficial de Ligação aos adeptos estavam acusados de ter incitado os outros 41 arguidos do processo a invadir a Academia e a agredir os jogadores em 15 de maio de 2018.

Na 36.ª sessão do julgamento, a Procuradora do Ministério Público, Fernanda Matias, entendeu que “não se fez prova de que os arguidos tenham incitado outros arguidos à prática de atos criminosos”.

Bruno de Carvalho, juntamente com Nuno Mendes, e Bruno Jacinto, estavam acusados da autoria moral de 40 crimes de ameaça gravada, 19 crimes de ofensas à integridade física qualificadas e por 38 crimes de sequestro.

O processo do ataque à Academia do clube, em Alcochete - onde, em 15 de maio de 2018, jogadores e equipa técnica do Sporting foram agredidos por adeptos ligados à claque ‘leonina' Juve Leo –, tem 44 arguidos, acusados de coautoria de 40 crimes de ameaça agravada, de 19 crimes de ofensa à integridade física qualificada e de 38 crimes de sequestro, todos estes (97 crimes) classificados como terrorismo.

Siga-nos no Facebook e no Twitter.

Relacionadas

Pode gostar de ler

Na Primeira Página