loading

Nota: Caro visitante, o acesso à informação do nosso site é gratuita e de livre acesso. Tal só é possível exibindo anúncios a quem nos visita. Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios.

Covid-19: Festas do Povo de Campo Maior adiadas para 2021

Últimas Notícias

Notícias Mais vistas

Sondagem

Acha que Rúben Amorim é o homem certo para treinar a equipa do Sporting?

As tradicionais Festas do Povo de Campo Maior (Portalegre), que fazem «florir» a vila com flores de papel, foram adiadas para 2021 na sequência da pandemia de covid-19, disse hoje à agência Lusa fonte da organização.
Covid-19: Festas do Povo de Campo Maior adiadas para 2021

De tradição secular e realizadas pela última vez em 2015, as festas estavam agendadas para este ano, entre os dias 29 de agosto a 06 de setembro.

“Nós decidimos adiar as festas para 2021, com data ainda por definir”, disse a presidente da Associação das Festas do Povo de Campo Maior, Vanda Portela.

A decisão de adiar o evento, que tem como principal atrativo apresentar aos visitantes dezenas de ruas “engalanadas” com flores de papel, foi tomada em parceria com o município.

“Nós decidimos adiar porque a parte logística das festas está comprometida. A essência das festas era o começar agora, com as pessoas a recolher os materiais para fazer as flores, mas como não é possível os ajuntamentos, nós o que fizemos foi parar”, explicou.

Em comunicado, a Câmara de Campo Maior sublinha que esta não foi uma decisão tomada de "ânimo leve", mas "valores mais altos se levantam" perante a situação que se vive devido ao surto.

A preparação dos festejos é feita rua a rua, sendo que o trabalho desenvolvido em cada uma delas fica em segredo, mesmo para amigos e familiares dos moradores, e só é dado a conhecer na noite da enramação (quando são decoradas).

Em 2015, perto de 7.500 voluntários prepararam a última edição das Festas do Povo, na qual participaram 99 ruas, numa extensão de cerca de 10 quilómetros.

As Festas do Povo de Campo Maior passaram, em dezembro de 2018, a estar inscritas no Inventário Nacional do Património Cultural Imaterial, estando ainda em curso a sua candidatura a Património Cultural Imaterial da Humanidade, pela Organização das Nações Unidas para a Educação, Ciência e Cultura (UNESCO).

O presidente da Turismo do Alentejo e Ribatejo, António Ceia da Silva, disse à Lusa no início deste mês que as Festas do Povo de Campo Maior vão ser “a candidatura portuguesa em 2021”.

O processo está entregue na UNESCO, “em Paris”, França, e “será a candidatura portuguesa em 2021”, adiantou o responsável da Entidade Regional de Turismo.

O novo coronavírus, responsável pela pandemia da covid-19, já infetou perto de 450 mil pessoas em todo o mundo, das quais morreram mais de 20.000.

Em Portugal, há 43 mortes, mais 10 do que na véspera (+30,3%), e 2.995 infeções confirmadas, segundo o balanço feito hoje pela Direção-Geral da Saúde, que regista 633 novos casos em relação a terça-feira (+26,8%).

Portugal, onde os primeiros casos confirmados foram registados no dia 02 de março, encontra-se em estado de emergência desde as 00:00 de 19 de março e até às 23:59 de 02 de abril.

Siga-nos no Facebook e no Twitter.

Relacionadas

Pode gostar de ler

Na Primeira Página