loading

Nota: Caro visitante, o acesso à informação do nosso site é gratuita e de livre acesso. Tal só é possível exibindo anúncios a quem nos visita. Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios.

Covid-19: Sporting adia Congresso Leonino sem data marcada

Últimas Notícias

Notícias Mais vistas

Sondagem

É justa a medida do Governo em autorizar o regresso I Liga e impedir a II Liga?

A 10.ª edição do Congresso Leonino, reagendada para 23 e 24 de maio, depois de inicialmente marcada para 16 e 17 de novembro de 2019, em Beja, foi adiada «para data a designar posteriormente», anunciou hoje o Sporting.
Covid-19: Sporting adia Congresso Leonino sem data marcada

O clube informa que o adiamento do Congresso Leonino se deve ao “contexto excecional que se vive, devido à pandemia da covid-19”, e foi tomado “em consonância com as recomendações da Direção-Geral da Saúde” e “da declaração do estado de emergência em Portugal”.

“De salientar que esta medida integra o plano de contingência implementado pelo clube em total alinhamento com as recomendações e orientações dos diferentes organismos públicos, de forma a salvaguardar a saúde pública”, refere o comunicado.

A 10.ª edição do Congresso Leonino esteve inicialmente prevista para 16 e 17 de novembro, em Beja, mas foi adiada para o decurso do primeiro semestre de 2020 devido à falta de mobilização por parte dos sócios e à “situação de vivência associativa complexa e com várias tensões”.

Os temas previstos para debate em Beja estavam divididos em quatro secções, estando a primeira focada no clube, sócios e adeptos, a segunda na estratégia para o futebol, a terceira na estratégia para as modalidades e a quarta na sustentabilidade financeira e marca Sporting.

O novo coronavírus, responsável pela pandemia da covid-19, já infetou mais de 905 mil pessoas em todo o mundo, das quais morreram quase 46 mil.Dos casos de infeção, pelo menos 176.500 são considerados curados.

Depois de surgir na China, em dezembro de 2019, o surto espalhou-se por todo o mundo, o que levou a Organização Mundial da Saúde a declarar uma situação de pandemia, e o continente europeu é neste momento o mais atingido, com perto de 33.000 mortos e acima de 490 mil pessoas infetadas.

Em Portugal, que está em estado de emergência desde as 00:00 de 19 de março e até às 23:59 de 02 de abril, registaram-se 187 mortes e 8.251 casos de infeções confirmadas, segundo o balanço feito na quarta-feira pela Direção-Geral da Saúde.

Siga-nos no Facebook e no Twitter.

Relacionadas

Pode gostar de ler

Na Primeira Página