loading

Nota: Caro visitante, o acesso à informação do nosso site é gratuita e de livre acesso. Tal só é possível exibindo anúncios a quem nos visita. Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios.

Covid-19

Fundação Luís Figo doa 50.000 máscaras e 2.000 fatos de proteção

Últimas Notícias

Notícias Mais vistas

Sondagem

É justa a medida do Governo em autorizar o regresso I Liga e impedir a II Liga?

A Fundação Luís Figo ofereceu 50.000 máscaras e 2.000 fatos de proteção individual, numa iniciativa que contou com a colaboração do Infarmed e da Ordem dos Médicos, anunciou hoje o organismo fundado pelo ex-futebolista internacional português.
Fundação Luís Figo doa 50.000 máscaras e 2.000 fatos de proteção

“Estes equipamentos serão distribuídos aos hospitais e ao INEM [Instituto Nacional de Emergência Médica], para que cheguem aos profissionais de saúde, apoiando a sua luta no combate a esta pandemia”, informou a Fundação Luís Figo, em comunicado.

A fundação criada em 2003 pelo ex-jogador manifestou-se “preocupada com os tempos que se vivem” devido à pandemia de covid-19, que em Portugal já provocou 1.247 vítimas mortais, entre 29.432 casos confirmados de infeção, segundo o boletim epidemiológico divulgado hoje pela Direção-Geral da Saúde (DGS).

Das pessoas infetadas, 629 estão hospitalizadas, das quais 101 em unidades de cuidados intensivos, e o número de casos recuperados é de 6.431.

“Face a esta situação ímpar que estamos a viver, não poderíamos deixar de atuar, prestando a nossa solidariedade com quem, heroicamente, trabalha diariamente na linha da frente para ajudar quem mais precisa, muitas vezes em condições que põem em risco a sua própria segurança”, disse Luís Figo, citado no comunicado.

Portugal entrou no dia 03 de maio em situação de calamidade devido à pandemia de covid-19 – doença transmitida por um novo coronavírus detetado no final de dezembro, em Wuhan, uma cidade do centro da China -, após três períodos consecutivos em estado de emergência desde 19 de março.

A nível global, segundo um balanço da agência de notícias AFP, a pandemia de covid-19 já provocou mais de 316.000 mortos e infetou mais de 4,7 milhões de pessoas em 196 países e territórios. Mais de 1,7 milhões de doentes foram considerados curados.

Siga-nos no Facebook e no Twitter.

Relacionadas

Pode gostar de ler

Na Primeira Página