loading

Nota: Caro visitante, o acesso à informação do nosso site é gratuita e de livre acesso. Tal só é possível exibindo anúncios a quem nos visita. Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios.

Covid-19

I Liga: Vitória de Guimarães em ‘revolução’ ambiciona Europa

Últimas Notícias

Notícias Mais vistas

Sondagem

É justa a medida do Governo em autorizar o regresso I Liga e impedir a II Liga?

O Vitória de Guimarães promete lutar pelo apuramento para uma das competições europeias durante a edição 2020/21 da I Liga portuguesa de futebol, para a qual parte com 16 reforços no plantel e um novo treinador, Tiago Mendes.
I Liga: Vitória de Guimarães em ‘revolução’ ambiciona Europa

Ausente da Liga Europa nesta época, após o sétimo lugar do campeonato anterior, com o técnico Ivo Vieira, a turma minhota vai regressar à competição com um ‘timoneiro' de 39 anos, que se estreia na I Liga e que prometeu um Vitória a lutar pelo acesso às provas europeias e a tentar vencer "cada jogo", a começar pela receção ao Belenenses SAD, às 21:15 na sexta-feira, para a primeira jornada.

"A dimensão do Vitória obriga-nos a muito mais do que chegar à Europa. Mais do que essa obrigação, o nosso objetivo é ganhar a cada jogo", disse Tiago Mendes, quando foi apresentado, em Guimarães, no dia 17 de agosto.

Durante a apresentação do treinador que já coadjuvou Diego Simeone nos espanhóis do Atlético de Madrid, na época 2017/18, e orientou a seleção portuguesa de sub-15, em 2019, o presidente vitoriano, Miguel Pinto Lisboa, realçou que os vimaranenses estão a entrar num "novo paradigma".

Com um orçamento de 20 milhões de euros, segundo informação avançada à Lusa por fonte oficial do clube, o Vitória já contratou 16 jogadores e recrutou três à equipa B para um plantel que conta atualmente com 33 elementos e apresenta uma média de idades de 23,1 anos.

Entre as 16 ‘caras novas' do grupo, 13 têm até 23 anos, restando o guarda-redes Bruno Varela, de 25, contratado ao Benfica, e dois internacionais lusos com mais de 30: o lateral Sílvio, de 32, ex-Vitória de Setúbal, e o extremo Ricardo Quaresma, de 36, que prometeu terminar a carreira em Guimarães.

O campeão europeu pela seleção portuguesa regressa ao campeonato nacional, que já conquistou por quatro vezes, cinco épocas depois da sua segunda passagem pelo FC Porto, assumindo a camisola 10 dos vimaranenses.

Dos 14 jogadores que transitaram do plantel anterior, metade realizou mais de 15 jogos oficiais na época passada: o defesa Sacko (33), os médios Mikel Agu (24), Dénis Poha (32) e André André (17) e os avançados Rochinha (37), Marcus Edwards (36) e Bruno Duarte (34), melhor marcador vimaranense em todas as provas, com 10 golos.

O Vitória transferiu outros elementos regularmente utilizados em 2019/20, como Florent, Pepê, João Carlos Teixeira e Davidson, e continua vinculado a cinco elementos que foram opção para Ivo Vieira, mas não são para Tiago Mendes: o guarda-redes Jhonatan, os defesas Victor Garcia, Pedro Henrique e Frederico Venâncio e o avançado Ola John.

Na pré-temporada, os minhotos venceram a equipa B vitoriana (3-2) e o Académico de Viseu (1-0) e empataram com o ‘vizinho' Moreirense (0-0), num desafio em que se apresentaram com um sistema tático 4x3x3, o mesmo da época transata, e mostraram apetência para pressionar em zonas adiantadas do terreno.

Os vimaranenses disputam as partidas de maior dificuldade teórica na primeira volta à quinta jornada, quando receberem o vizinho Sporting de Braga, à sétima, com o Sporting, também em casa, à 11.ª, com a receção ao campeão FC Porto, e à 17.ª, em Lisboa, com o Benfica.

Siga-nos no Facebook e no Twitter.

Relacionadas

Pode gostar de ler

Na Primeira Página