loading

Nota: Caro visitante, o acesso à informação do nosso site é gratuita e de livre acesso. Tal só é possível exibindo anúncios a quem nos visita. Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios.

Covid-19

Covid-19: Moçambique anuncia mais duas mortes e 137 novas infeções

Últimas Notícias

Notícias Mais vistas

Sondagem

É justa a medida do Governo em autorizar o regresso I Liga e impedir a II Liga?

Moçambique registou mais duas mortes devido ao novo coronavírus, elevando o total de óbitos para 51, e ainda 137 novas infeções, anunciou hoje o Ministério da Saúde.
Covid-19: Moçambique anuncia mais duas mortes e 137 novas infeções

As vítimas mortais são dois homens moçambicanos de 38 e 81 anos que estiveram internados numa unidade hospitalar da cidade de Maputo onde o seu estado clínico se agravou até morrerem entre quarta-feira e hoje.

Ainda segundo a atualização de dados de hoje, Moçambique passou a ter um total acumulado de 7.399 casos, dos quais 7.113 casos são de transmissão local e 286 são importados.

À semelhança de dias anteriores, das 137 novas infeções de hoje, a cidade de Maputo registou o maior número de casos (96), correspondendo a 70% do total diário.

As autoridades de saúde anunciaram ainda mais 208 pessoas dadas como recuperadas, elevando o total para 4.558 (61,6%), enquanto 52 pessoas estão internadas em centros de isolamento e padecem também de “patologias crónicas diversas, associadas à covid-19”.

Desde o anúncio do primeiro caso, em 22 de março, o país testou cumulativamente 130.060 casos suspeitos.

A pandemia de covid-19 já provocou pelo menos 978.448 mortos e quase 32 milhões de casos de infeção em todo o mundo, segundo um balanço feito pela agência francesa AFP.

Em África, há 34.836 mortos confirmados em mais de 1,4 milhões de infetados em 55 países, segundo as estatísticas mais recentes sobre a pandemia no continente.

A doença é transmitida por um novo coronavírus detetado no final de dezembro, em Wuhan, uma cidade do centro da China.

Siga-nos no Facebook e no Twitter.

Relacionadas

Pode gostar de ler

Na Primeira Página