loading

Nota: Caro visitante, o acesso à informação do nosso site é gratuita e de livre acesso. Tal só é possível exibindo anúncios a quem nos visita. Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios.

Covid-19

Crónica: Golos de Seferovic e Darwin mantêm Benfica imbatível na liderança

Últimas Notícias

Notícias Mais vistas

Sondagem

Após os primeiros jogos das competições nacionais e internacionais, quem está em melhor forma?

O Benfica recebeu e venceu hoje o Belenenses SAD 2-0, no jogo de encerramento da quinta jornada da Liga portuguesa de futebol, recolocando em cinco pontos a vantagem sobre FC Porto e Sporting na liderança do campeonato.
Crónica: Golos de Seferovic e Darwin mantêm Benfica imbatível na liderança

Com este triunfo, as 'águias' alcançaram um feito que não atingiam desde a época 1982/83, quando, nas primeiras cinco jornadas, também somaram por vitórias todos os jogos realizados.

Esta noite, no Estádio da Luz, o Benfica colocou-se em vantagem logo aos seis minutos, com um golo de Seferovic, o terceiro do suíço na prova, e, já na segunda parte, Darwin (75) ampliou a vantagem para 2-0 e tranquilizou as 'águias', que assim somam 15 pontos no topo da I Liga e mantêm os cinco pontos de vantagem para FC Porto e Sporting, ambos com 10, embora os 'leões' tenham menos um jogo.

Já o Belenenses, apesar da boa réplica, somou o quarto jogo sem vencer e sofreu os primeiros golos fora de casa esta época. Com este desaire, o segundo da temporada, os 'azuis' somam cinco pontos e ocupam o 15.º lugar da tabela.

Como já é seu timbre, o Benfica entrou no encontro com o 'pé no acelerador' e, logo aos seis minutos, Seferovic, que se estreou como titular esta temporada, abriu o marcador na Luz.

Os 'encarnados' cobraram a toda a velocidade um livre a meio-campo, Rafa assistiu Grimaldo na esquerda e o lateral cruzou milimetricamente para a cabeça de Seferovic, que apareceu de rompante nas costas de Rúben Lima e, num remate de cabeça, não deu hipótese de defesa a André Moreira.

Se o Benfica já vinha encostando o Belenenses 'às cordas', o golo acentuou ainda mais essa tónica e, nos minutos seguintes, a equipa de Petit viu-se confinada aos 30 metros da sua zona defensiva, com Darwin, nesse período, a dispor da melhor ocasião das 'águias' para ampliar a vantagem.

Só aos 32 minutos o Belenenses teve a primeira incursão pelo ataque e Silvestre Varela, que fechou o lance com um remate por cima da baliza de Odysseas Vlachodimos, deu o mote para uma nova toada na primeira parte, com o Belenenses a colocar dificuldades até então desconhecidas para o Benfica.

Até ao apito para o intervalo, a equipa de Petit soltou-se no campo, acertou nas marcações e dominou o final da primeira parte, aproveitando alguma apatia da equipa de Jorge Jesus, chegando mesmo a marcar por Varela, num lance que acabou anulado por fora de jogo do avançado de 35 anos.

Poucos minutos após o recomeço, e perante um Benfica que continuava lento de processos e um Belenenses que cada vez mais acreditava que podia chegar ao empate, Jesus fez entrar Pizzi e Waldschmidt, e o ataque do Benfica ganhou novo ânimo.

O alemão teve pouco depois a oportunidade de fazer o 2-0, mas a bola saiu ao lado do poste de André Moreira, mas ficou na retina o melhor entendimento com Darwin.

Com o Benfica a apertar o cerco ao Belenenses SAD, foi sem surpresa que os 'encarnados' dobraram a vantagem, em novo lance de entendimento perfeito entre Waldschmidt e Darwin, com o uruguaio a isolar-se, a contornar André Moreira e a atirar com tranquilidade para a baliza deserta. Estava feito o 2-0 na Luz e carimbada mais uma vitória, a quinta consecutiva, do Benfica na liga portuguesa.

Siga-nos no Facebook e no Twitter.

Relacionadas

Pode gostar de ler

Na Primeira Página