loading

Nota: Caro visitante, o acesso à informação do nosso site é gratuita e de livre acesso. Tal só é possível exibindo anúncios a quem nos visita. Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios.

Covid-19

Covid-19: Cabo Verde contabiliza mais um óbito e 44 novos casos em 24 horas

Últimas Notícias

Notícias Mais vistas

Sondagem

Após os primeiros jogos das competições nacionais e internacionais, quem está em melhor forma?

Cabo Verde contabilizou mais uma morte por causa da covid-19, aumentando para 105 o número de óbitos associados à doença no país, que registou mais 44 novos casos positivos, informou hoje o Ministério da Saúde.
Covid-19: Cabo Verde contabiliza mais um óbito e 44 novos casos em 24 horas

Segundo o ministério cabo-verdiano, nas últimas 24 horas os laboratórios de virologia analisaram 355 amostras, e encontraram 44 novos casos positivos da covid-19, sendo mais de metade (23) no concelho de São Filipe, na ilha do Fogo.

Ainda na ilha do Fogo, foram reportados mais quatro casos no concelho dos Mosteiros, enquanto a ilha de São Vicente conta com mais 10 casos positivos da doença.

A ilha de Santiago registou sete novos casos, distribuídos pelos concelhos da Praia (4), São Domingos, Tarrafal e São Miguel, todos com um caso cada.

O Ministério da Saúde de Cabo Verde informou ainda que a cidade registou mais uma morte por causa da covid-19, passando o país a registar um total de 105 óbitos associadas à doença.

Nas últimas 24 horas, as autoridades de saúde deram alta a mais 56 pessoas, elevando a 9.956 o número de casos considerados recuperados da doença.

Com os novos dados, o país passou a contabilizar um acumulado de 10.570 casos positivos desde 19 de março, mantém dois transferidos e reduziu para 506 os casos ativos.

A pandemia de covid-19 provocou pelo menos 1.422.951 mortos resultantes de mais de 60,4 milhões de casos de infeção em todo o mundo, segundo um balanço feito pela agência francesa AFP.

A doença é transmitida por um novo coronavírus detetado no final de dezembro de 2019, em Wuhan, uma cidade do centro da China.

Siga-nos no Facebook e no Twitter.

Relacionadas

Pode gostar de ler

Na Primeira Página