Covid-19: Polícia dispersa multidão que comemorava fim do recolher obrigatório em Bruxelas

Últimas Notícias

Notícias Mais vistas

Sondagem

Após os primeiros jogos das competições nacionais e internacionais, quem está em melhor forma?

A Polícia de Bruxelas dispersou na madrugada de domingo centenas de pessoas que celebravam o fim do recolher obrigatório e a reabertura das esplanadas numa praça da capital belga sem respeitar as regras de segurança contra a covid-19.
Covid-19: Polícia dispersa multidão que comemorava fim do recolher obrigatório em Bruxelas

Milhares de cidadãos reuniram-se na tarde de sábado na praça Flagey, em Bruxelas, depois de o coletivo "Le Cri" ter convocado, através da rede social Facebook, uma concentração para comemorar a reabertura das esplanadas que se encontrava encerradas há quase sete meses e o fim do recolher obrigatório que, até sexta-feira, vigorava entre as 22:00 e as 18:00.

Embora tenha deixado de ser proibido sair de casa durante esse período, as reuniões na rua, entre a meia-noite e as 05:00, não podem ultrapassar as três pessoas.

De acordo com a agência EFE, a polícia manteve-se presente no local da concentração desde a tarde de sábado, mas só começou a dispersar a multidão às 01:30 (00:30 em Lisboa).

Nessa altura, cerca de 500 pessoas ainda permaneciam na praça, segundo a agência de notícias belga, que especificou que a maioria dos participantes não mantinha uma distância de segurança ou usava máscara.

A pandemia de covid-19 provocou, pelo menos, 3.272.332 mortos no mundo, resultantes de mais de 156,7 milhões de casos de infeção, segundo um balanço feito pela agência francesa AFP.

A doença é transmitida por um novo coronavírus detetado no final de 2019, em Wuhan, uma cidade do centro da China.

Siga-nos no Facebook, no Twitter, no Instagram e no Youtube.

Relacionadas

Pode gostar de ler

Na Primeira Página