Tondela: Pako Ayestarán quer vencer ao Farense para a sua equipa bater os seus recordes

Últimas Notícias

Notícias Mais vistas

Sondagem

Após os primeiros jogos das competições nacionais e internacionais, quem está em melhor forma?

O treinador Pako Ayestarán disse hoje que o Tondela vai a casa do Farense para vencer e ficar próximo de atingir recordes na I Liga de futebol, no jogo da 33.ª jornada.

“A manutenção já foi possível, mas ainda não ultrapassámos as vitórias de outras épocas, está num recorde de 10, e temos de ser capazes de conseguir mais pontos para bater os recordes que o clube tem neste momento”, admitiu o técnico da equipa ‘beirã’.

A duas jornadas do final do campeonato, o Tondela, que chegou à I Liga na época de 2015/16, conquistou 10 vitórias, sofreu 16 derrotas e empatou seis vezes, igualando o recorde de triunfos de 2017/18.

Em conferência de imprensa de antevisão ao jogo com o Farense, no sábado, pelas 15:30, no Estádio de São Luís, o técnico espanhol disse que “a meio do campeonato” começaram a perceber que “havia possibilidade de “superar as vitórias e esse é o objetivo agora”.

“Temos consciência de que nas últimas semanas fizemos uma boa temporada, mas isso pode acabar como uma época normal, como outras que o clube teve. É bom, porque o Tondela já manteve a categoria, mas queremos que a época seja boa de verdade”, defendeu.

Para isso, disse, a equipa tem de “ser capaz de manter a responsabilidade e profissionalismo e continuar a competir”, para que, ao chegar ao final do campeonato, “se possa dizer que a época de 2020/21 foi mesmo boa para o Tondela”.

Pako Ayestarán lembrou que “há muitas equipas que estão a jogar por objetivos nesta Liga”, como acontece com o próximo adversário, o Farense, que precisa pontuar para sair da zona de despromoção.

“O Farense está a competir jogo a jogo e é uma equipa difícil de bater. É muito compacta e em jogo direto é muito difícil de competir. Obriga muito o adversário e está a lutar pela vida”, destacou.

O técnico, “sabendo da dificuldade do jogo” de sábado, assumiu-se “muito confiante, porque o futebol é como a vida”, e “são precisas pessoas, equipas e treinadores fiáveis e a confiança ganha-se com o rendimento”.

“Então, temos de demonstrar que isto não foi simplesmente para assegurar a manutenção, mas também para demonstrar que se pode contar connosco”, considerou Pako Ayestarán, que deixou em aberto o seu futuro no Tondela, uma vez que o contrato termina no final da época.

Aos jornalistas, o treinador mostrou-se “muito feliz” com a possibilidade de na última jornada, que no caso do Tondela será disputada em casa, poder haver adeptos na bancada, porque “é a possibilidade de agradecer o apoio deles, mesmo sem estarem no estádio”.

O Tondela, 11.º classificado, com 36 pontos, vai ao Estádio de São Luís, no sábado, pelas 15:30, enfrentar o Farense com 28 pontos, em 17º lugar e na zona de despromoção, em jogo a contar para a 33.ª jornada da I Liga de futebol.

Siga-nos no Facebook, no Twitter, no Instagram e no Youtube.

Relacionadas

Pode gostar de ler

Na Primeira Página