Crónica: Shaqiri embala Suíça para triunfo que mantém esperança e afasta Turquia

Últimas Notícias

Notícias Mais vistas

Sondagem

Após os primeiros jogos das competições nacionais e internacionais, quem está em melhor forma?

Embalada com um ‘bis' de Shaqiri, a Suíça venceu hoje a Turquia, por 3-1, mantendo as esperanças de qualificação para os oitavos de final do Euro2020 de futebol e impondo a eliminação dos turcos da competição.
Crónica: Shaqiri embala Suíça para triunfo que mantém esperança e afasta Turquia

Com um golo madrugador do Seferovic, jogador do Benfica, logo aos seis minutos, e os tentos de Shaqiri (26 e 68), os suíços foram quase sempre mais dominadores num jogo muito movimentado, perante um adversário que apontou o seu golo de honra, por Kahveci, aos 62, insuficiente para impedir a terceira derrota e último lugar no grupo A.

Os turcos deixam este campeonato da Europa como uma das desilusões, com zero pontos, oito golos sofridos a apenas um marcado, enquanto a Suíça fecha as contas do grupo no terceiro lugar, com quatro pontos, os mesmos que o segundo classificado País de Gales, mas em desvantagem no balanço de golos sofridos e marcados, tendo de esperar para ver se segue em frente como um dos terceiros melhores classificados.

Neste jogo, esse critério dos golos esteve sempre presente, mas as duas equipas sabiam que, antes disso, estavam obrigadas a ganhar para ambicionarem a passagem à fase a eliminar, numa demanda que precipitou um início de desafio ritmado, com os turcos a deixarem as primeiras ameaças.

Ainda antes dos cinco minutos, um tiro de Yilmaz, rechaçado por um defesa contrária, e um outro da Ayan, para boa defesa do guardião suíço, aumentaram as expectativas para o desafio.

Mas, os helvéticos não se intimidaram com a entrada de rompante do adversário, e logo aos seis minutos, na primeira oportunidade que criaram, foram letais, com o benfiquista Seferovic a finalizar uma jogada de envolvência, com um remate à entrada da área por 1-0.

A Turquia, embora com dificuldades em entrar na área adversária, tentou, pouco depois, responder à madrugadora contrariedade, com remate de longe do lateral esquerdo Muldur, para boa defesa de Sommer.

Apesar da vontade dos turcos, a Suíça mostrava-se mais acutilante, e já depois de Zuber ameaçar novo golo, seria Shaqiri a fazer o 2-0, aos 26, finalizando um trabalho de Seferovic e Zuber com um remate colocado.

O médio suíço que alinha no Liverpool esteve, três minutos depois, perto do 3-0, mas desta vez não teve a melhor pontaria quando seguia isolado, dando ânimo para uma reação da Turquia, com Muldur a surgir novamente em destaque num par de remates, mas, de novo, a não conseguir superar o guardião Sommer, que nas duas vezes protagonizou as defesas da tarde.

No segundo tempo, e com um resultado que a deixava de fora deste Euro2020, a Turquia teve de correr atrás do prejuízo, e apesar de não reentrar bem na partida, permitindo que a Suíça criasse mais perigo, acabou por reduzir para 2-1, pouco depois da hora de jogo, num belo remate Kahveci.

Mas quando os turcos tentavam relançar a partida, Shaqiri assumiu-se como o homem do jogo, e aos 68 voltou a ampliar a vantagem dos helvéticos, num desvio letal a um belo cruzamento de Zuber.

Este terceiro golo da Suíça cortou a motivação dos turcos, que já aos 77 minutos estiveram perto de sofrer um quarto tento, num livre de Xhaka, devolvido pelo poste da baliza de Çakir.

A Suíça ainda tentou, na parte final, aumentar o pecúlio, tendo em vista as contas dos golos marcados para o apuramento para os oitavos de final, mas acabou por ser a Turquia a querer despedir-se com mais honra, e ainda ameaçar, sem sucesso, o beliscar do 3-1 final.

Siga-nos no Facebook, no Twitter, no Instagram e no Youtube.

Relacionadas

Pode gostar de ler

Na Primeira Página