loading

LC: 'Capitão' do Liverpool garante que equipa está a 100% para a final

Últimas Notícias

Notícias Mais vistas

Sondagem

Quem está a reforçar-se melhor no mercado?

O jogador inglês Jordan Henderson, ‘capitão’ do Liverpool, considerou hoje que a equipa tem de estar a 100% para a final da Liga dos Campeões frente ao Real Madrid, que classificou como «o jogo maior».

LC: 'Capitão' do Liverpool garante que equipa está a 100% para a final

“Não há nada maior do que uma final contra o Real Madrid, temos de estar a 100% se queremos ganhar. Não importa o que acontecer depois, nem quero falar agora sobre se a temporada foi boa ou não. Vamos fazer tudo para trazer a ‘Champions’ para Liverpool”, disse Henderson, em conferência de imprensa.

O ‘capitão’ dos ‘reds’ admitiu que a equipa está “dececionada” com o segundo lugar na Liga inglesa, a um ponto do bicampeão Manchester City, mas assegurou: “Há bom ambiente, e apesar do que aconteceu no domingo, estou muito orgulhoso com a forma como competimos. Somos muito positivos”.

Henderson, companheiro de equipa do internacional português Diogo Jota, garantiu que o Liverpool “tem mentalidade para lutar por todos os títulos”.

“Esta época estivemos a um nível muito elevado e a lutar em todas as competições até ao fim. Faremos tudo o que estiver ao nosso alcance para vencer este troféu”, afirmou o jogador do Liverpool, equipa que esta temporada venceu as taças de Inglaterra e da Liga.

Henderson admitiu que a derrota na final da ‘Champions’ da temporada 2017/2018 frente ao Real Madrid (3-1) foi “um momento muito duro” da sua carreira, mas que teve também um efeito positivo.

“Perder contra o Real Madrid foi muito duro, mas agora, olhando em perspetiva, foi algo que nos tornou mais fortes. Ganhámos no ano seguinte”, disse, lembrando o troféu conquistado em 2019 frente ao Tottenham.

O Liverpool, detentor de seis troféus, e o Real Madrid, recordista de vitórias, com 13 conquistas, disputam no sábado, a final da Liga dos Campeões de futebol, que estava programada para São Petersburgo na Rússia, mas foi transferida para Paris, devido à invasão militar da Rússia à Ucrânia.

Siga-nos no Facebook, no Twitter, no Instagram e no Youtube.

Relacionadas

Na Primeira Página