loading

Filipa Patão garante que Benfica vai «dar espetáculo» na receção ao Rangers

Últimas Notícias

Notícias Mais vistas

Sondagem

Até onde chega Portugal no Mundial 2022?

A treinadora Filipa Patão assegurou hoje que o Benfica vai «dar espetáculo» e merece um estádio cheio na segunda mão da segunda ronda de qualificação da Liga dos Campeões feminina, com as escocesas do Rangers.

Filipa Patão garante que Benfica vai «dar espetáculo» na receção ao Rangers

“Vamos marcar uma posição que queremos que Portugal cada vez marque mais, que é o espetáculo. Não nos vamos desviar disto, de forma alguma. Toda a gente quer ver um bom espetáculo, equipas a querer fazer golos e a procurar ter bola. Isso queremos e vamos garantir. Queremos cada vez mais público na bancada e faço um apelo”, disse.

Em conferência de imprensa de antevisão ao jogo, depois do triunfo por 3-2 obtido em Glasgow, Filipa Patão reforçou esse pedido aos adeptos benfiquistas, exemplificando a ideia com o ambiente vivido na Escócia e em Twente, na ronda anterior, tal como com os casos de Liverpool, subido este ano à primeira divisão inglesa, e o futebol brasileiro.

“Temos de conseguir que o Benfica seja uma referência cá, com esta parte fervorosa e apaixonante dos nossos adeptos. Conseguem fazer nas modalidades e no masculino diversas vezes, mas elas também merecem. Uma coisa garanto: estas meninas vão dar espetáculo e precisam, de uma vez por todas, que o público venha vê-las”, expressou.

Em relação ao que espera do jogo, sobretudo da atitude das escocesas, que partem em desvantagem na eliminatória, Filipa Patão lembrou que o Rangers foi competente nas oportunidades criadas, que concretizou, e que vêm a Portugal para “criar problemas”.

“Conforme o tempo que passar, e se o resultado se mantiver, vão ter de procurar mais por um resultado positivo. Teremos a nossa estratégia e vamos estar preparadas para qualquer eventualidade que o jogo traga”, frisou a treinadora ‘encarnada’, de 33 anos.

A ex-futebolista afirmou também que o apanágio do Benfica é “marcar a identidade de uma equipa com muita posse, de acutilância ofensiva, a conseguir pressionar qualquer adversário”, sendo esta a equipa que pretendem mostrar ao longo de toda esta época.

A jogadora Ana Vitória também marcou presença na antevisão, que se realizou na sala de imprensa do Estádio da Luz, em Lisboa, alertando que, apesar de as ‘encarnadas’ terem feito o seu papel em reduto alheio, a vantagem de 3-2 ainda mantém esta eliminatória em aberto.

“Não espero um jogo muito diferente em termos de atitude. O primeiro jogo já teve atitude competitiva e o resultado diz bastante isso. Foi um jogo muito disputado e bem jogado. Estamos cientes que 3-2 é um resultado que deixa o jogo em aberto e tenho a certeza de que a atitude vai ser muito competitiva dos dois lados”, realçou a brasileira.

A centrocampista, de 22 anos, apontou dois dos três golos do Benfica em solo escocês, tendo sido a principal figura da equipa na primeira partida, e, durante esta semana, foi convocada, mais uma vez, para a seleção brasileira, pela qual totaliza nove encontros.

“Um atleta, para ter espaço e oportunidade na seleção, tem de estar bem no clube e o clube tem de estar bem. É um trabalho conjunto e o Benfica, por estar a disputar a Liga dos Campeões e ser campeão nacional, obviamente vai atrair a atenção das seleções. Não tem como não olharem e, aí, depende das jogadoras fazerem a sua parte”, disse.

O Benfica recebe o Rangers na quarta-feira, a partir das 19:30, no Benfica Campus, no Seixal, em jogo da segunda mão da segunda e última ronda de qualificação para a fase de grupos da Liga dos Campeões, depois de uma vitória por 3-2 no primeiro encontro.

Siga-nos no Facebook, no Twitter, no Instagram e no Youtube.

Relacionadas

Na Primeira Página