loading

LC: Pepê sente FC Porto a encarar «cada jogo como uma final»

Últimas Notícias

Notícias Mais vistas

Sondagem

Até onde chega Portugal no Mundial 2022?

O FC Porto vai “encarar como uma final” a receção de terça-feira aos alemães do Bayer Leverkusen, da terceira jornada da Liga dos Campeões, reconheceu hoje o brasileiro Pepê, satisfeito pela sua adaptação ao futebol europeu.

LC: Pepê sente FC Porto a encarar «cada jogo como uma final»

“Sabemos que não pontuámos, mas encaramos cada jogo como uma final e não vai ser diferente amanhã [terça-feira]. Estamos a trabalhar bastante para corresponder a tudo aquilo que esperam de nós na ‘Champions’ e focados no Bayer Leverkusen, que é uma equipa muito qualificada e com grandes jogadores. Temos de dar o nosso melhor para conquistar os três pontos”, advertiu o extremo, de 25 anos, em conferência de imprensa.

O FC Porto, quarto e último classificado, ainda sem pontos, recebe o Bayer Leverkusen, segundo, com três, na terça-feira, às 20:00, no Estádio do Dragão, no Porto, em jogo da terceira jornada do Grupo B da ‘Champions’, com arbitragem do inglês Anthony Taylor.

À mesma hora, o tricampeão belga Club Brugge, que lidera de forma surpreendente a ‘poule’, com seis pontos, recebe os espanhóis do Atlético de Madrid, terceiro, com três.

“Sabemos que foi um jogo atípico [na goleada de 0-4 frente ao Club Brugge]. Ficámos a dever um pouco e não esperávamos que as coisas acontecessem daquela forma, mas já virámos a página. Sabemos que não poderemos cometer os mesmos erros e estamos focados nisso”, confidenciou Pepê, que falava ao lado do treinador Sérgio Conceição.

Numa época iniciada com a conquista da Supertaça Cândido de Oliveira, o brasileiro foi titular nos 11 confrontos oficiais disputados pelos ‘dragões’, juntando uma assistência e um golo na goleada ao Sporting de Braga (4-1), na sexta-feira, da oitava ronda da I Liga.

“Foi um resultado muito positivo ante um adversário direto no campeonato, mas agora é virar para a ‘Champions’. O Bayer Leverkusen é competente, tem muita qualidade e há que estar ligados do início ao fim, pois não será fácil e queremos os três pontos”, frisou.

Pepê atuava predominantemente em zonas atacantes aquando da sua saída do Grêmio Porto Alegre, em 2021, mas já evoluiu nos restantes setores do terreno pelo FC Porto, reconhecendo ter encarado um “futebol sul-americano totalmente diferente do europeu”.

“Sinto-me um jogador bem melhor ao alinhar em outras posições. Tive um crescimento bastante alto desde que cá cheguei e sinto-me um privilegiado por ter essa confiança do ‘mister’ para jogar em vários setores. Sempre me abraçaram e deram total liberdade para que pudesse fazer o meu trabalho e corresponder ao que esperavam de mim”, concluiu.

Siga-nos no Facebook, no Twitter, no Instagram e no Youtube.

Relacionadas

Na Primeira Página