loading

Crónica: ‘Bis’ de Paulinho abriu caminho para goleada do Sporting na receção ao Farense

Últimas Notícias

Notícias Mais vistas

Sondagem

Quem é o principal responsável pela eliminação de Portugal do Mundial no Qatar?

Um ‘bis’ de Paulinho, e golos de Marcus Edwards, Pedro Gonçalves, Arthur Gomes e Mateus Fernandes deram esta quarta-feira a vitória ao Sporting na receção ao Farense, por 6-0, na primeira jornada do Grupo B da Taça da Liga.

Crónica: ‘Bis’ de Paulinho abriu caminho para goleada do Sporting na receção ao Farense

Paulinho ‘bisou’ aos 20 e 22 minutos, e Marcus Edwards aos 39 levou o Sporting a vencer ao intervalo, por 3-0. Na segunda parte, Pedro Gonçalves, aos 48, Arthur Gomes, aos 75, e Mateus Fernandes, de grande penalidade, aos 84, selaram o resultado.

Este resultado confere a liderança do Sporting no Grupo B da Taça da Liga, com três pontos. Esta quinta-feira, às 17:00, o Marítimo recebe o Rio Ave, encerrando esta primeira jornada do agrupamento.

Com Franco Israel na baliza, Marsà na defesa e Essugo no meio campo, a serem as novidades do Sporting para este encontro com o Farense, os comandados de Rúben Amorim entraram melhor no jogo e nos primeiros 10 minutos dispuseram de quatro oportunidades de golo, contudo Francisco Trincão, por duas vezes, Nuno Santos e Paulinho não conseguiram levar a melhor sobre o guarda-redes Ricardo Velho.

A espaços, o Farense, a jogar de verde (o Sporting vestiu de branco), procurou equilibrar forças e olhar de frente para os ‘leões’, mas ‘esqueceu-se’ de acertar marcações no setor defensivo e deitou tudo a perder em dois simples minutos.

O ‘carrossel’ atacante apresentado pelo Sporting acabou por fazer mossa a um Farense que não abdicou da sua forma habitual de jogar e Paulinho fez dois golos em outros tantos minutos.

No primeiro, Marsà abriu na esquerda para Nuno Santos que lançou Trincão. Este centrou para a finalização de Paulinho.

No segundo, o Farense perdeu a bola no recomeço, Marcus Edwards tentou a sorte, Ricardo Velho defendeu para a frente e, na recarga, Paulinho não perdoou.

A diferença de argumentos entre uma equipa da II Liga e outra da primeira era notória e, apesar do primeiro remate do Farense ter surgido aos 33, por intermédio de Jhon Velásquez, que chutou ao lado da baliza defendida por Franco Israel, o Sporting não desarmou e manteve os olhos na baliza algarvia.

Assim sendo acabou por ser com alguma naturalidade que a formação de Alvalade chegou ao 3-0, aos 39 minutos, com um remate de Marcus Edwards, após assistência de Pedro Porro.

Ainda os recém-entrados Sotiris, do lado do Sporting, e Gonçalo Silva, no do Farense, estavam a ganhar ritmo e já Pedro Gonçalves, após cruzamento de Pedro Porro, estava a fazer o 4-0, aos 48 minutos.

Apesar de estarem a ser goleados, os comandados de Vasco Faísca não se encolheram no terreno, continuaram a jogar aberto, na busca pelo golo e encaixaram-se taticamente no Sporting, que foi arranjando soluções para a construção de jogadas de ataque.

Jovane Cabral, que tinha rendido Trincão, esteve perto de fazer o 5-0, aos 74 minutos, e, apesar de até ter espaço para fazer melhor, deixou-se levar pela ansiedade e rematou ao lado.

Golo esse que acabou por acontecer na jogada seguinte quando Pedro Porro lançou Paulinho, na direita, que serviu Arthur para o 5-0, aos 75 minutos.

Aos 84, o jovem Mateus Fernandes, de 18 anos, viria a selar o resultado de grande penalidade, depois de ter sofrido falta de Vítor Gonçalves e do árbitro Algarvio Nuno Almeida ter assinalado de pronto para o castigo máximo.

Siga-nos no Facebook, no Twitter, no Instagram e no Youtube.

Relacionadas

Para si

Na Primeira Página