loading

Síntese: França, de recordes, tem encontro marcado com Inglaterra no Mundial-2022

Últimas Notícias

Notícias Mais vistas

Sondagem

Quem é o principal responsável pela eliminação de Portugal do Mundial no Qatar?

O primeiro grande 'choque' no Mundial do Qatar, ficou hoje definido e vai colocar frente a frente a França e a Inglaterra, vencedores dos seus jogos dos oitavos de final, com grandes exibições.

Síntese: França, de recordes, tem encontro marcado com Inglaterra no Mundial-2022

Em campo estarão os campeões do Mundo, que superaram a Polónia por claros 3-1, e os vice-campeões da Europa, que 'despacharam' o Senegal, campeão africano, por 3-0.

Mesmo sem Karim Benzema, considerado o melhor jogador do mundo na última época, e Paul Pogba, a França encanta quem a vê jogar, mostra grande poder ofensivo e tem vários jogadores a atingir recordes neste torneio.

A começar por Olivier Giroud, que com o golo hoje marcado (aos 44 minutos) se isola na lista dos marcadores pela seleção, com 52 golos, mais um do que Thierry Henry.

Kylian Mbappé, que fez a assistência para o golo de Giroud, também procura o seu lugar na história: 'bisou' na partida, aos 74 e 90+1, e isolou-se no topo da lista dos melhores marcadores no Qatar, com cinco golos.

Aos 23 anos, os números de Mbappé impressionam, nomeadamente com o total de nove golos em Mundiais, no que iguala o argentino Lionel Messi e Eusébio, entre outros.

Os 13 golos do gaulês Just Fontaine, quarto marcador de sempre, estão cada vez mais perto.

Dia de recordes, entre os franceses, também para o guarda-redes Hugo Lloris, que chega ao 142.º jogo pela seleção, a igualar o já retirado Lilian Thuram.

Totalmente dominados, os polacos só chegaram ao golo aos 90+9, de penálti, por Robert Lewandowski. 'Sem equipa' na seleção, não atingiu o brilho da carreira a nível de clubes, sobretudo no Bayern Munique.

Um 'artilheiro' que parece renascer é o inglês Harry Kane, finalmente a 'faturar', ele que foi o melhor no Mundial de 2018.

Também ele procura aqui máximos individuais e, com 52 golos, está a um apenas do recorde dos 'três leões', na posse de Wayne Rooney.

'HurryKane' marcou aos 45+3, já depois de Henderson (38) e antes de Saka (57), perante o campeão africano, que 'perde' muito com a ausência de Sadio Mané.

A Inglaterra tem, de facto, muitas soluções e embala com uma facilidade incrível para o golo - em quatro jogos, por três vezes marcaram três ou mais golos e só contra os Estados Unidos estiveram um pouco abaixo do nível.

Nem tudo corre bem na equipa de Gareth Southgate, no entanto. Hoje, não contou com Raheem Sterling, elemento essencial da equipa, que ficou de fora devido a 'um problema familiar', não especificado.

Na segunda-feira, prosseguem os jogos dos oitavos de final, com o Brasil-Coreia do Sul e o Japão-Croácia.

Na 'canarinha', Neymar já treinou sem limitações e é quase certo que Tite vai contar com ele para tentar derrotar os coreanos, treinados pelo português Paulo Bento.

Siga-nos no Facebook, no Twitter, no Instagram e no Youtube.

Relacionadas

Para si

Na Primeira Página